A CashBet, da provedora de plataforma iGaming, firmou uma parceria com o clube de futebol inglês Arsenal, a fim de promover sua nova criptotoken.

A parceria entre o clube britânico e a plataforma iGaming é tida como a primeira colaboração entre um grande time do meio esportivo e um provedor de criptomoedas.

O acordo acarretará na criação do novo token da companhia, a CashBet Coin, que será veiculado através de propagandas nos jogos disputados pelo Arsenal no Emirates Stadium, localizado em Londres. Além disso, a CashBet poderá utilizar a imagem do clube inglês para promover sua ICO.

Leia mais: Real Madrid é o primeiro time do mundo a aceitar bitcoins

O fundador e CEO da CashBet, Mike Reaves, disse em um comunicado emitido à imprensa ontem:

“Com a nossa ICO para a CashBet Coin, estamos almejando um mercado global e multibilionário de criadores de conteúdo, operadores e jogadores da plataforma iGaming. Estamos satisfeitos em galgar estes passos em parceria com um dos gigantes do futebol, permitindo-nos criar nossa marca e adentrar esta comunidade de forma significativa.”

A intenção da companhia é que a CashBet Coin seja utilizada através de toda sua plataforma, e a expectativa é de que as vendas levantem um valor na faixa de 40 a 70 milhões de dólares.

A pré-venda da ICO foi aberta ontem e terminará em 20 de fevereiro, a menos que a meta seja batida antes da data estipulada. A venda das moedas será aberta ao público à partir de 20 de março, e será finalizada em 27 de abril.

Leia mais: Órgãos financeiros da Nova Zelândia e Suécia comentam sobre ICO

Reaves explicou ainda, em outro comunicado, que o advento do token permitirá que os operadores resolvam grandes problemas que cassinos que giram em torno de criptomoedas possuem: “velocidade, confiança e custo”.

“Integrar blockchain à plataforma CashBet abrirá as portas para novos mercados, ao democratizar o acesso a um novo grupo de usuários que são atendidos de forma displicente pelos bancos”, acrescentou Mike.

Por fim, espera-se que, com a adição do token, a plataforma se torne escalável e tenha uma boa relação de custo-benefício.

Leia mais: Bragantino inova ao aceitar Bitcoins de patrocinadores

Fonte: Coindesk

Edição: Webitcoin