News

Carteira Digital contendo 7500 Bitcoins é enterrada sob 4 pés de Lixo

por Andre Cardoso

05/08/2017 - 12:41 pm

7500 Bitcoins no Lixo

Enterrado em algum lugar sob quatro pés de lama e lixo, no aterro Docksway perto de Newport, País de Gales, em um espaço do tamanho de um campo de futebol, um disco rígido de computador contendo 7500 Bitcoins vale, atualmente, mais de US$ 25 milhões.  (Mais que 79 milhões de reais)

Ele pertencia a James Howells, que o jogou fora quando ele estava limpando sua mesa no meio do verão. Ele encontrou a peça em uma gaveta e a colocou na lixeira. Logo depois, percebeu que tinha uma carteira digital com 7500 bitcoins gerados em 2009, perdidos no meio do lixo.

“Sabe quando você coloca algo na lixeira, e na sua cabeça, você pensa: ‘essa é uma má idéia’ ? Foi o que aconteceu comigo”.

Howells, que trabalha em TI, disse ao The Guardian:

“Eu não sei a data exata, o único período de tempo que posso dar – tentando extrair do meu cérebro – é entre 20 de junho e 10 de agosto de 2013. Provavelmente no meio de julho”.

No momento em que ele os jogou fora, os 7.500 Bitcoins no disco rígido já valiam quase US$ 1 milhão. Desde então, o valor da moeda criptografada aumentou, passando a valer mais de US$ 25 milhões até a data desta postagem.

7500 bitcoins no lixão no País de Gales

Naquela época, alguns meses depois do lançamento dos Bitcoins, era comparativamente fácil minerar a moeda digital, criando dinheiro efetivamente pelo computador: Howells executou um programa em seu laptop por uma semana para gerar seu armazenamento. Hoje em dia, fazer o mesmo exigiria um poder de computação extremamente alto e caro, além do gasto altíssimo de energia elétrica.

Contudo, o disco rígido perdido contém a “chave privada” criptográfica que é necessária para poder acessar e gastar os Bitcoins; Sem ele, o “dinheiro” é perdido para sempre.

E Howells não fez um backup.

Leia também: Gwyneth Paltrow junta-se a Bitcoin Wallet Abra como consultora.

Howells parou de minerar depois de uma semana porque sua namorada queixava-se de que o laptop estava ficando muito barulhento e quente enquanto executava os programas para resolver os complexos problemas matemáticos necessários para criar novos Bitcoins.

Há um pote de ouro perdido por aí…

Em 2010, o Dell XPS N1710 falhou depois que ele acidentalmente derrubou limonada, então ele o desmontou em várias peças. A maioria foi jogada fora ou vendida, mas ele manteve o disco rígido em uma gaveta de sua mesa nos próximos três anos – até aquele fatídico dia de verão, quando ele teve o apagão.

Howells não percebeu seu erro até o final de semana. Desde então, ele disse:

“Procurei em todos os lugares. Tentei recuperar arquivos de todos os meus discos rígidos. Tentei tudo, talvez eu tivesse um arquivo de backup Ou o copiara acidentalmente e … nada.

Ele foi até o aterro:

“Eu tive uma conversa com um dos caras lá embaixo, explicou a situação. E ele realmente me levou no caminhão para onde está o aterro sanitário, a vala atual em que eles estão trabalhando. O tamanho é de um campo de futebol , E ele disse que algo em torno de três ou quatro meses atrás estaria a cerca de três ou quatro pés para abaixo de todo o lixo. “.

Depois que ele parou de minerar Bitcoins em 2009, Howells não considerou mais trabalhar com a moeda digital.

“Eu não tinha percebido o Bitcoin , eu estava distraído. Eu tinha dois filhos desde então, eu estava cuidando da casa e e me esqueci das moedas, até chegarem as novidades”.

Howells considerou recuperar o disco rígido, mas foi informado de que “mesmo para a polícia encontrar algo, eles precisam de uma equipe de 15 caras, dois escavadores e todo o equipamento de proteção pessoal. Então, para eu financiar isso, não era possível sem a garantia de dinheiro no final “.

Há um pote de ouro aí para alguém … Estou mesmo pensando em registrar em www.returnmybitcoin.com. Está disponível”, disse ele. Ele também criou uma carteira Bitcoin para doações destinadas a recuperar o disco rígido.

Uma porta-voz do conselho de Newport enfatizou que era proibida a entrada de qualquer caçador de tesouros que se aproximasse do aterro, mas “obviamente, se fosse facilmente recuperado, nós o devolveríamos”.

“Estou no ponto em que é rir ou chorar sobre este fato”, diz Howells. “Por que não estou lá fora com uma pá agora? Eu acho que estou resignado a nunca conseguir encontrá-lo”.

No entanto, ele continua a acreditar, como fez há quatro anos, que Bitcoin é o futuro do dinheiro. “Eu ainda acho que vai subir muito mais. Eu só acho que é o próximo passo da internet, e é por isso que eu comecei a minerar desde o princípio. Quando eu encontrei isso, eu soube imediatamente. Nós tínhamos todo o resto: O Google, o Facebook, eles já eram líderes de mercado em suas áreas. O único fato que faltava era um dinheiro na internet “.

FONTE: THE GUARDIAN