Hack de $30 milhões

A empresa por trás do questionado altcoin Tether revelou há algumas horas que sofreu um ataque hack no qual o suposto ladrão cibernético roubou $30 milhões de doláres em Tether. A empresa anunciou também algumas etapas para corrigir a situação, incluindo uma que é basicamente um hard fork temporário, fazendo com que empresas suspendam suas operações em Tether.

O importante anúncio emitido pela equipe Tether explica:

“Ontem, nós descobrimos que fundos foram indevidamente removidos da carteira de tesouraria da Tether através de ações maliciosas por um invasor externo. $30,950,010 USDT foram removidos da carteira de tesouraria da Tether no dia 19 de novembro de 2017 e enviados para um endereço bitcoin não autorizado.”

Como emissores do Tether, eles advertem o hacker ou qualquer um que possa estar trabalhando com ele que:

“Nós não resgataremos qualquer um dos tokens roubados, e estamos tentando recuperar os tokens para impedi-los de entrarem em um ecossistema mais amplo.”

Fork de emergência

A empresa apresentou seus próximos passos para lidar com o assunto e exorta integrantes do Tether a apoiarem suas ações para evitar futuras perturbações no ecossistema. Estes incluem a suspensão temporária do serviço back-end da carteira tether.to, abertura de um inquérito para descobrir a causa do ataque com o objetivo de evitar ações semelhantes no futuro e fazer um hard fork de emergência.

A equipe explica que eles estão fornecendo novas versões do Omni Core, software usado pelos integrantes do Tether para fornecer suporte à transações, que devem impedir qualquer movimento das moedas roubadas do endereço do invasor. Isso causará uma mudança de consenso para clientes em funcionamento,”ou seja, será temporariamente um hard fork.”

Leia mais: Equipe da Parity dá detalhes após a imobilização de US$160 milhões

Nada a se preocupar, certo?

Por fim, eles reafirmam que estão trabalhando para encontrar maneiras de permitir que o Tether recupere os tokens roubados e encerre o hard fork. A empresa também acrescenta que”emissões em Tether não foram afetadas por este ataque, e que todos os tokens do Tether permanecem totalmente apoiados por ativos na reserva do Tether.”

Em resposta a estes desenvolvimentos, algumas empresas notificaram seus negociadores que estão suspendendo transações em Tether. Huobi.Pro e seu colega asiático OKEx anunciaram que: A fim de assegurar a segurança imediatamente, suspenderemos os serviços de depósito e saque em Tether. O câmbio em Tether é particularmente importante para plataformas que não querem parecer como se estivessem oferecendo pares cripto/fiduciário (em lugares onde isto pode ser um assunto sensível, como na China), usando preferivelmente o Tether como um proxy para o dólar.

O que acontecerá com o Tether? Deixe sua opinião nos comentários!

Fonte: Bitcoin.com