Tecnologia

Minerador usa seu Tesla Model S para minerar gratuitamente

por Rodrigo Camilo

01/12/2017 - 10:08 am

Tesla Model S Minerador

Construir uma estação de mineração cripto que funciona como um aquecedor é legal, mas um inventor levou o conceito de mineração para um patamar completamente novo. Um proprietário criativo de um Tesla Model S conseguiu instalar um sistema de mineração legítimo dentro do porta-malas de seu mais novo carro.

Mas esta é a melhor parte: de acordo com o inventor, toda a energia necessária para manter o equipamento de mineração em execução é proveniente da energia gratuita, Superchargers, fornecida pela própria Tesla. A configuração peculiar viralizou após o inventor compartilhar imagens de seu Model S minerador no grupo de proprietários de carros Tesla no Facebook.

Para aqueles não familiarizados com o termo, de uma forma geral, mineração refere-se ao processo de resolução de uma série de enigmas criptográficos para verificar transações no blockchain. No entanto, um desafio comum na mineração, é que ela requer um sistema de processamento muito poderoso, o que por sua vez resulta em um consumo excessivo de eletricidade.

Por este motivo, mineradores estão constantemente buscando soluções mais ecológicas e econômicas. Na verdade, é devido a este motivo que a ideia de minerar no Tesla surgiu.

Outro membro do grupo do Facebook já havia sugerido que a instalação de um sistema minerador dentro de um Model S poderia ajudar a evitar contas de energia caríssimas por depender de eletricidade gratuita da rede Supercharger. Bem, alguém realmente pensou que isto seria uma boa ideia.

A julgar pelas imagens, o equipamento usa placas de vídeo para fazer a mineração. Isto significa que, embora não seja apropriado para minerar Bitcoins (no qual requer chips ASIC), ele poderia minerar outras criptomoedas como o Ethereum.

Leia mais: Ethereum causa aumento nas vendas de placas de vídeo Nvidia

Uma ideia nem tanto econômica

Além disso, como o site Motherboard destacou, instalar um equipamento de mineração dentro de seu Tesla pode não ser a ideia mais inteligente. De acordo com seus cálculos, a renda mensal que você pode gerar minerando de seu porta-malas é praticamente igual a mensalidade média para um Model S (supondo que o proprietário faz parte de um dos programas gratuitos de Supercharger da Tesla).

Sim, o minerador eventualmente pagaria o Tesla, mas teria que mantê-lo funcionando 24/7 por anos para chegar a esse ponto. Ou seja, isso apenas ocorreria se a Tesla continuasse a fornecer energia gratuitamente nos anos futuros, o que aparentemente não acontecerá. Sem mencionar que, levando em conta o calor gerado pelo sistema de mineração, isso praticamente transformaria o veículo em um forno ambulante.

Fonte: Thenextweb.com