News

Rússia começa a trabalhar no desenvolvimento de padrões da tecnologia Blockchain

por Equipe Webitcoin

16/08/2017 - 4:47 pm

A autoridade nacional da Rússia está trabalhando para a padronização da blockchain e tecnologias de ledger distribuído.

A Agência Federal Russa de Regulação Técnica e Metrologia, também conhecida como Rosstandart, anunciou a formação de um novo comitê técnico encarregado de padronizar o “software e hardware das tecnologias blockchain e ledger distribuído”.

No seu anúncio, o Rosstandart acrescenta que a adoção da tecnologia blockchain está “se espalhando” em toda a Federação Russa.

“Blockchain é uma plataforma digital que registra e verifica transações de forma pública e segura com base em soluções descentralizadas”, diz um trecho da declaração. “Inicialmente aparecendo como uma tecnologia que facilitam os mecanismos de criptomoedas, as tecnologias blockchain estão encontrando mais campos de atuação em todo o mundo. Nos últimos anos, essas tecnologias estão se expandindo bastante na Federação Russa “.

Em uma escala global, a Organização Internacional de Normalização (ISO), vista como a principal autoridade mundial de padrões, nomeou a Austrália como líder de um comitê técnico internacional com 35 países membros da ISO para desenvolver uma abordagem uniforme e introduzir padrões globais para a tecnologia. No início deste ano, em março, a Standards Australia apresentou seu roteiro para desenvolver esses padrões internacionais, supervisionados pelo comitê técnico 307 ou ISO / TC 307.

A autoridade de padrões da Rússia faz referência a esses desenvolvimentos no ISO, ao mesmo tempo em que acrescentou que “se absteve” de se juntar ao ISO / TC 307 no momento da sua formação. No entanto, a Federação Russa está agora entre os 20 membros participantes da comissão. O comité técnico russo recém-criado também vai cooperar internacionalmente com o comitê da ISO.

Explicando suas razões para trabalhar em direção contrária a seus próprios padrões, a aturoridade de padrões da Rússia declara:

“[Os padrões] são projetados para aumentar o desenvolvimento dessas tecnologias para um novo nível através do desenvolvimento de uma cooperação internacional e interação mais próxima, acelerando sua aceitação pelo público, expandindo os métodos de sua aplicação e aumentando a confiança nessas operações.”

A mudança da autoridade nacional de padrões em explorar a padronização das tecnologias da blockchain ocorreu quando o governo russo passou a considerar a introdução de regulamentos para a tecnologia descentralizada em 2019. Herman Gref, diretor executivo da Sberbank, maior banco de ativos da Rússia, prevê que a tecnologia blockchain pode ser usada em aplicações comerciais em uma escala nacional em dois anos.

Fonte: Cryptocoinsnews