10% do suprimento total de Bitcoin é controlado por exchanges

Coinbase lidera no volume de Bitcoin entre as exchanges

As exchanges de criptomoedas agora são responsáveis por manter 10% de todo o Bitcoin (BTC) em circulação, de acordo com dados apresentados pela empresa de inteligência on-chain Glassnode. A quantidade de BTC armazenada em exchanges aumentou mais de 700% nos últimos três anos.

Bitcoin está ficando mais centralizado

Charles Edwards, da Capriole Investments, compartilhou recentemente sua opinião sobre o novo marco das exchanges de criptomoedas, alegando que o Bitcoin está ficando “exponencialmente centralizado”. Se essa tendência continuar, pode levar à institucionalização do Bitcoin como um dos possíveis desdobramentos

Crypto exchanges

Segundo informações do U.TODAY, somente a Coinbase controla cinco por cento do suprimento de Bitcoin em circulação. Esses dados foram contabilizados depois da aquisição da Xapo em agosto.

Traçe Mayer pede mais empenho

Em novembro, Trace Mayer, líder do movimento #ProofOfKeys, pediu que os entusiastas do Bitcoin abandonem as exchanges e assumam o controle de suas chaves privadas. Em 2019, mais de US$ 292 milhões em criptomoedas foram roubados de várias exchanges, incluindo a Binance.

Entretanto, considerando que as exchanges continuam aumentando suas participações, parece que muito poucos usuários são cuidadosos com segurança o suficiente para retirar seus BTCs das exchanges.

Podemos entender que isso tem a ver principalmente com o fato de que não há como negociar convenientemente ativos digitais de carteiras de software ou de hardware, fazendo com que as exchanges sejam a maneira mais cômoda de fazer trade.

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.