Entenda porque 3 anos é o número mágico pro Holder de Bitcoin

Quem comprou BTC nos topos históricos de 2014 e 2017, em 3 anos, já havia recuperado e, hoje, o Holder de Bitcoin está no lucro.

Holder de Bitcoin em 3 anos

Uma análise rápida no gráfico longo do Bitcoin coloca um zoom para os possíveis momentos de perda para quem especula a criptomoeda no mercado.

Estamos falando do terror do Trade: “Comprar na Alta e Vender na Baixa”.

Por isso, a Webitcoin fez um estudo considerando os 2 piores cenários de compra da história do Bitcoin, os topos de 2014 e de 2017.

Holder de Bitcoin em 3 anos

O gráfico acima mostra cada barra com período semanal e pega a referência do BTC/USD da Bitstamp, a que tem um maior histórico de dados no br.tradingview.

As setas vermelhas apontam os topos do final de 2014 e 2017. São altas históricas por período. O estudo implica em responder a seguinte pergunta:

Se eu tivesse comprado Bitcoin no pior momento (topo histórico) em quanto tempo, teria recuperado o preço depois da queda?

Veja nas barras horizontais que o recurso gráfico nos dá, exatamente, quantos dias demorou para que o preço do Bitcoin (relacionado ao dólar) voltasse para o mesmo do período da compra.

Comprando no final de 2014, a barra indica que demorou 1134 dias para recuperar e comprando no final de 2017 demorou 1071 dias para recuperar. Para ver esse valor em anos, basta dividir esses números por 365 dias e aí temos:

Demorou 3,10 anos para o preço voltar em quem comprou no topo de 2014 e quem comprou no topo de 2017 demorou 2,93 anos.

Hodl vale a pena?

A conclusão é que, mesmo comprando no pior cenário, o Bitcoin, até o momento, leva em média 3 anos para voltar ao preço original e que, mais a longo prazo, ainda apresenta um lucro bem interessante:

Quem comprou no topo de 2014 e foi Holder até hoje, comprou a $1163. No momento que escrevo esse artigo, o Bitcoin vale $43.203,00, ou seja, teve uma alta de +3614,7%.

Já quem comprou no topo de 2017, um pouco mais de 4 anos atrás, em $19.666,00, comparando com o preço de hoje, teve uma alta de +119,7%.

Não só por esses números animadores, mas pelos fundamentos da primeira criptomoeda, por ter uma escassez verdadeira e por resolver uma problema real no sistema financeiro mundial, então, até o momento a resposta é SIM, vale a pena ser Holder de Bitcoin.

Foto de André Cardoso
Foto de André Cardoso O autor:

André , ariano, engenheiro, empreendedor, trader de criptos profissional, palestrante e professor. Adora números, gráficos e aprender coisas novas.

andre.cardoso.btc/