4 fatos desconhecidos sobre o Bitcoin

Quase todo mundo conhece ou pelo menos ouviu falar no bitcoin, mas ainda temos muitas informações equivocadas a respeito dessa moeda

4 fatos desconhecidos sobre o Bitcoin

Por ser algo que chama a atenção de pessoas e instituições, o bitcoin ainda é visto por muitos como algo “de outro mundo“, sem ao menos ter vontade de entender a tecnologia e o que está por trás da moeda. Vamos então conhecer um pouco mais desse criptoativo e descobrir alguns fatos que são desconhecidos por muitos.

Um bug de 184 milhões de BTC

Conhecido como o “incidente de estouro de valor“, em 15 de agosto de 2010, um bug na blockchain do bitcoin criou mais de 184 milhões de BTC.

Esse bug estava no bloco 74.638 da blockchain do bitcoin, nele uma transação criava 184.467.440.737,095 BTC para três endereços diferentes. Nesse caso dois endereços receberam 92,2 milhões de BTC cada, enquanto o minerador desse bloco foi recompensando com 0,01 BTC.

O fato de que o código usado pela blockchain para verificar as transações antes de incuí-las em um bloco, não levava em consideração o caso de valores tão grandes que ultrapassavam o limite do número de bitcoins quando somados, assim sendo possível gerar esse bug.

Satoshi Nakamoto e outro desenvolvedor em apenas 5 horas, criaram uma nova versão que corrigia esse bug. A blockchain teve que passar por um fork para rejeitar o bloco com bug. Enquanto isso, vários nós não corrigidos continuaram adicionando o bloco com bug, a versão corrigida só assumiu o lugar no bloco 74.691.

Curiosamente, a partir desse bloco, todos os nós aceitaram a versão corrigida da blockchain do bitcoin como a oficial para o histórico de transações. Dessa forma, o bloco 74.638 não existe mais para usuários que usam a blockchain mais longa como referência.

O primeiro faucet de bitcoin distribuía 5 btc por visita

Os faucets de bitcoin são bem conhecidos por investidores de criptomoedas que desejam obter pequenas frações de bitcoin gratuitamente. Na verdade são sites que distriuem frações de btc aos visitantes em um determinado intervalo de tempo.

Para se ter uma base, hoje é distribuído cerca de 1 satoshi, quase nada. Mas no caso do primeiro faucet de btc criado em junho de 2010 por Gavin Andersen, distribuiu 5 btc para cada visitante.

Com o objetivo de incentivar a adoção e uso do bitcoin. Se você tivesse se beneficiado de tal iniciativa na época, convertido aos preços atuais, teria mais de R$ 1 milhão apenas por visita o site e resolver um captcha.

Satoshi Nakamoto foi indicado ao Prêmio Nobel de Economia

As possibilidades que vieram junto com o bitcoin são ilimitadas. Tudo isso impulsionado pelo conceito de blockchain. E na frente de tudo isso, aparece Satoshi Nakamoto.

Um misterioso e brilhante cientista da computação que desempenhou um papel fundamental na economia mundial, e que por muito tempo teremos que ouvir falar dele. Há muitos anos, seu trabalho é reconhecido por todos. Prova desse reconhecimento é a indicação ao Prêmio Nobel de Economia de 2016.

Satoshi Nakamoto não ganhou este prêmio, mas algumas pessoas acreditam que ainda será coroado com esse prêmio no futuro.

Endereços com menos de 0,1 BTC

Dentro do mundo do bitcoin, existe uma diferença grande em termos de valores distribuídos, por exemplo, 91,7% dos endereços existentes na rede bitcoin têm menos de 0,1 BTC.

Tudo isso mostra que a riqueza do bitcoin está concentrada nas mãos de poucas pessoas, ou empresas. Entre os 9,3 % de pessoas com mais de 0,1 BTC, ainda há uma comunidade menor, chamamos de baleias bitcoin.

Existem diferentes limites para quanto btc precisa possuir para ser considerado uma baleia. Sem entrar em muitos detalhes de limite, vamos simplesmente dar os seguintes números: 2155 endereços têm 1000 btc ou mais, e 88 endereços têm 10.000 btcou mais.

Distribuição de Bitcoin
Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8