60% dos holders de Bitcoin não movimentam fundos, esperando a próxima ação de preço

Maioria dos holders ainda espera um grande pump no preço do Bitcoin

Há uma indicação de que um número enorme de entusiastas do Bitcoin está esperando o grande boom de 2017 acontecer novamente, pois nada menos que 60% dos holders de BTC mantiveram seu poder de retenção sem movimentar seus fundos por algum tempo.

Observadores dizem que isso indica que os holders de Bitcoin esperam que algo grande aconteça após o halving, contudo, não há certeza de que o preço do Bitcoin suba, além do fato de o BTC ter um aumento de preço após o halving.

Os dados de onda 1Y + HODL do LookIntoBitcoin mostram que 60% dos holders não violaram seus fundos no último ano. Isso, por todas as indicações, aconteceu pela última vez em 2016.

Durante esse período, o Bitcoin atingiu US$ 700, mas um ano depois, o preço do Bitcoin chegou a US$ 20.000, quase 17 meses após o halving de junho de 2016.

A ocorrência da grande alta nos preços do Bitcoin deu muita força aos holders de criptomoedas que podiam estar pensando em vender.

Agora, 60% deles estão aguardando a próxima ação. É possível que o Bitcoin avance de preço após o halving ou permaneça onde está.

Enquanto isso, no momento da redação desse texto, o Bitcoin está mudando de mãos por US$ 9142, depois de cair da faixa de US$ 10.000. Ontem o Bitcoin estava sendo negociado abaixo da marca de US$ 9.000, mas recuperou a força hoje.

Em 8 de maio, o BTC estava sendo negociado à $ 10.024 e rapidamente teve uma retração abaixo de US$ 10.000. Desde então, o Bitcoin mantém uma posição abaixo de US$ 10.000.

O mercado de criptomoedas parece depender do Bitcoin. Apesar da alegação das altcoins de ter uma ideia distinta para aumentar o valor de sua moedas, parece haver uma ligação clara entre o preço do Bitcoin e o de outras altcoins, uma vez que uma queda nos preços do Bitcoin sinaliza uma queda semelhante no valor das altcoins e todo o mercado de criptomoedas.

Fonte: News Logical

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.