8 principais DApps para blockchain

Vamos conhecer um pouco mais sobre esses DApps que farão sucesso juntamente com a tecnologia blockchain

8 principais DApps para blockchain

Executando sobre uma rede blockchain, peer-to-peer (P2P) que atua como um tipo de sistema operacional, os dApps criam um ecossistema de software de código aberto inovador que é seguro e resiliente. E permite que os desenvolvedores criem novas ferramentas online, muitas das quais despertaram o interesse dos mercados de negócios globais.

O Bitcoin foi sem dúvida o primeiro DApp, permitindo que qualquer pessoa no mundo baixe um pouco de código-fonte aberto para ingressar em uma rede blockchain e verificar transações usando um algoritmo de mineração, gerando criptomoedas como recompensa.

Como uma matriz de armazenamento RAID, se um dos computadores que executam o software DApp ficar inativo, outro nó (computador) retoma a tarefa instantaneamente.

Como os contratos inteligentes, ou software de automação de negócios auto-executável, podem interagir com DApps, eles são capazes de remover a sobrecarga administrativa, tornando-os um dos recursos mais atraentes associados a blockchain.

Enquanto a blockchain atua como um livro imutável, confirmando que as transações ocorreram, os contratos inteligentes executam condições predeterminadas.

Os DApps percorrem toda a gama, desde exchanges como LBank até jogos de azar online como PokerKing e jogos como Cryptokitties.

Dependendo da plataforma blockchain, os DApps também são usados ​​por pequenas e grandes empresas para rastrear mercadorias à medida que se movem pelo mundo e permitem transações financeiras internacionais sem a necessidade de um intermediário, como um banco central ou uma câmara de compensação.

Vamos analisar os 8 principais DApps tanto para empresas quanto para consumidor. Baseado em pesquisas feitas por especialistas do setor como Litan e a organização Hyperledger da Linux Foundation.

1 – Chainlink

Esse middleware seguro está promovendo um padrão aberto para uma entrada de dados segura e descentralizada ou sistema “oráculo” que valida informações de feeds externos. Em resumo, o Chainlink oferece acesso seguro a qualquer contrato inteligente a feeds de dados, APIs e pagamentos.

É tão promissor que o Google está testando como intermediário para seu armazenamento de dados da plataforma como serviço do BigQuery.

Na blockchain, um oráculo pode ser um banco de dados ou outra fonte de dados que alimenta informações de negócios tradicionais para um contrato inteligente executado em uma blockchain. O Chainlink basicamente protege o feed de dados e dificulta muito o comprometimento, pois conta com os mesmos tipos de mecanismos de consenso que as blockchains usam para chegar a um acordo sobre a validade de uma transação.

Um contrato inteligente requer várias entradas para provar o desempenho contratual e o Chainlink, que pode se conectar a qualquer API, pode ser usado para validar transferências de dinheiro de um banco ou de qualquer outro participante financeiro do setor, como Visa ou PayPal.

Os oráculos são necessários porque os contratos inteligentes não interagem diretamente com sistemas ou informações externas, o oráculo permite que um contrato inteligente interaja com qualquer sistema externo fora da blockchain em que eles são executados.

2 – Brave

Um navegador da web com quase 9 milhões de usuários ativos, o Brave está tentando virar o modelo de publicidade online de cabeça para baixo, colocando os consumidores como foco principal. O aplicativo cria uma nova medida de valor no mundo da publicidade, onde a “atenção do consumidor” é usada para definir valor mais do que visualizações não verificáveis ​​ou cliques em uma página da web.

Cofundada por Brendan Eich, inventor do JavaScript e fundador do Mozilla e Firefox, a Brave busca criar uma plataforma de serviços e publicidade digital baseada em blockchain que dê controle e privacidade de informações aos usuários.

O dApp permite que os principais participantes do ecossistema de anúncios, ou seja, anunciantes, editores e usuários de navegadores participem de um novo modelo de negócios que elimina o excesso de intermediação entre editores e anunciantes, recompensando os usuários com “ Basic Attention Tokens (BATs) ou Brave Rewards que podem ser negociado como bitcoin.

3 – Chainyard

Este DApp está se esforçando para resolver problemas com sistemas de gestão de informações de fornecedores, que hoje são lentos, ineficientes e incapazes de se adaptar rapidamente a novos requisitos. Chainyard, uma rede baseada em blockchain com permissão, foi projetada para melhorar a validação de fornecedores, integração e gerenciamento de informações do ciclo de vida.

Em muitos casos, os sistemas de gerenciamento de informações de fornecedores ainda utilizam tecnologia e processos ultrapassados, e-mail, planilhas e documentos do Word ainda são usados ​​para verificar identidades e rastrear documentos como certificações ISO, informações de contas bancárias, certificações fiscais e certificados de seguro durante todo o ciclo de vida de um fornecedor.

Em parceria com a IBM, a Chainyard lançou o Trust Your Supplier, um serviço baseado em blockchain que dá aos compradores acesso às informações de antecedentes verificadas de seus fornecedores com o objetivo de integrá-los em uma cadeia de suprimentos. O objetivo final é a conectividade sem atrito nas cadeias de suprimentos.

4 – TRACEDonate

Quando se trata de doações para caridade, o “setor de doações sofre com a falta de transparência e rastreabilidade”. É aí que entra o TRACEDonate, sua plataforma de gerenciamento de identidade é projetada para permitir remessas e doações internacionais transparentes e rastreáveis.

O DApp criado pela AID:Tech conecta organizações de caridade e doadores aos beneficiários. Ele espera dar aos doadores a tranquilidade de que seus fundos serão usados ​​para os fins pretendidos pelos necessitados, seja para comprar mantimentos ou serviços públicos.

Blockchain é usada para provar a identidade da organização de caridade e/ou do indivíduo para o qual uma doação é feita. Em seguida, permite que o doador rastreie como o dinheiro é gasto, porque os fundos são mantidos em uma carteira digital online. Os doadores também podem especificar como desejam que o dinheiro seja usado, seja para assistência médica, alimentos ou outros suprimentos de emergência.

5 – Cipher

Criado pela Avanza Innovations, o Cipher é um middleware que suporta um portfólio de quatro DApps blockchain para agências governamentais e reguladores em diferentes regiões, inclui uma rede de reconciliação e liquidação, tokenização de pontos de fidelidade, uma rede de pagamento de compras e uma rede de troca de documentos, verificação e conformidade para bancos e seus clientes.

As áreas de foco das soluções baseadas em blockchain da Cipher são transformação do Governo Digital e regulação e supervisão financeira. A empresa trabalha com entidades em Dubai, incluindo Smart Dubai Government, Departamento de Finanças, Dubai Electric & Water Authority, Knowledge & Human Development Authority, Emirates NBD Bank e Network International.

O DApp reduziu 40 dias de reconciliação manual para reconciliação instantânea, reduzindo assim o enorme desperdício nas funções do governo de Dubai.

6 – KYC-Chain

Este aplicativo é usado por empresas para verificar as identidades dos clientes e simplificar o processo de integração de uma maneira que atenda às regulamentações KYC. Ele pode verificar pessoas, bem como clientes corporativos e institucionais para atividades criminosas ou proibidas em tempo real por meio de um banco de dados de sanções e listas de observação de parceiros que abrange mais de 240 países.

Juntamente com um DApp de identidade da empresa parceira SelfKey, o KYC-Chain permite que os usuários armazenem seus próprios detalhes de identidade certificados na cadeia e controlem o acesso público às suas credenciais, oferecendo chaves públicas quando o acesso for necessário.

O DApp permite que os usuários paguem individualmente por 10 serviços, como cheques de investidores credenciados, triagem de fundos criptos, verificação de identidade e autenticação de documentos. O serviço também permite que os usuários verifiquem os gastos da carteira de criptomoedas do cliente para verificar os indicadores de risco conhecidos e cumprir as regras de combate à lavagem de dinheiro.

7 – EOS Dynasty

A EOS Dynasty, que tem quase 12.000 usuários diários únicos, afirma ser o primeiro jogo de RPG PvP baseado em blockchain.

Os jogadores criam até três “heróis” ou guerreiros que podem travar batalhas para ganhar experiência e crescer em poder e capacidades coletando materiais, forjando equipamentos e evoluindo montarias (cavalos, tigres, tartarugas, etc.).

O jogador também pode receber Three Kingdoms Tokens (TKTs), uma criptomoeda limitada, que permite aos usuários ganhar dividendos materiais ou de lucro em dois mercados com base em um contrato inteligente.

Os tokens são coletados através de uma variedade de conquistas, incluindo trocas, conflitos no campo de batalha, tarefas e lutas PvP. Os dividendos do jogo só são concedidos depois que os jogadores atingem patentes militares específicas, permitindo que eles apostem criptomoeda TKT e ganhem com elas.

8 – DLT.sg

Construído na plataforma de negócios Hyperledger Fabric, o DLT.sg inclui uma série de módulos DApps blockchain de nível empresarial focados na cadeia de suprimentos e tecnologias de reconhecimento de falsificação. O DLT.sg foi desenvolvido para comércio eletrônico colaborativo em grandes organizações da cadeia de suprimentos.

Ele permite o financiamento comercial, rastreia o fluxo de produtos de ponta a ponta e fornece um modelo para desbloquear estoque e liberar dinheiro.

Por exemplo, o SmartCode for Pharma da SKR, está focado na resolução de falsificações farmacêuticas, rastreando sua proveniência ao longo do processo de produção.

Outro módulo, SmartFIN, é um DApp para ajudar a financiar o comércio entre corporações multinacionais, comerciantes de commodities e bancos, ele cria um livro-razão on-line autorizado por meio do qual as corporações possam interagir com segurança com suas instituições financeiras na negociação de financiamento comercial, títulos e garantias e mitigação de riscos.

Os DApps da DLT.sg também podem ser integrados ao software SAP e Microsoft por meio de APIs, se necessário, para se conectar a fontes de dados legadas.

A ideia e usabilidade desses DApps que acabamos de ver mostra que a ideia é que a aplicação de blockchain se torne invisível e o usuário comum possa usar um programa descentralizado como usa qualquer outro, no computador, no smartphone e se sinta confortável e seguro por estar fazendo isso.

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8