A demanda por Bitcoin está crescendo em meio à oferta restrita

A quantidade de fornecimento ilíquido de Bitcoins na rede cresceu mais do que o fornecimento circulante desde 2017

Especialistas em criptomoedas argumentam que essa forte demanda no mercado de Bitcoin é em grande parte atribuída ao fato de as instituições estarem chegando.

A liquidez do mercado está se estreitando no mercado de Bitcoin, já que há menos de 4 milhões de BTCs em circulação disponíveis para futuros investidores, incluindo Grayscale, Paypal, Microstrategy, fundos de hedge e assim por diante.

Apenas 21 milhões de Bitcoins serão produzidos no total e, atualmente, há cerca de 18,9 milhões de Bitcoins em circulação.

Isso mostra um diferencial de cerca de 2,1 milhões de Bitcoins que faltam para ser produzidos, sem esquecer os cerca de 4,5 milhões de Bitcoins que já foram perdidos para sempre.

Isso também significa que a liquidez está secando, à medida que a demanda pela criptomoeda mais popular do mundo atinge recordes.

“A quantidade de fornecimento ilíquido de Bitcoins na rede cresceu mais do que o fornecimento circulante desde 2017.

 

Enquanto isso, a oferta de líquida continua apresentando uma queda acentuada.

 

Combine isso com a demanda de MSTR, Square, Tesla, Grayscale, etc. Entenda como isso é otimista.”

De acordo com Yann & Jan:

“A flutuação na rede está secando mais rápido do que nunca.

 

Atualmente, cerca de 78% dos bitcoins emitidos são perdidos ou hodled, deixando menos de 4 milhões de Bitcoins para serem compartilhados entre os futuros participantes do mercado (incluindo Paypal, Square, SP500 Companies, ETFs, etc.).”

É importante entender que os investidores institucionais amam a transparência. A regulamentação significa que quanto mais mecanismos regulados de Bitcoin, como a regulamentação das exchanges de criptomoedas, maior o valor que as principais instituições colocarão nela, tornando o Bitcoin um ativo menos volátil a longo prazo.

A Glassnode também revelou que um milhão de Bitcoins (BTC) ou quase US$ 30 bilhões em preços reais desapareceram do fornecimento líquido em 2020. Este processo superou até mesmo o fluxo de novos Bitcoins (BTC) na rede:

“Atualmente, estamos em uma fase em que a oferta ilíquida está crescendo mais do que a oferta total em circulação, segundo o relatório. Um padrão semelhante ocorreu durante a alta de 2017.”

Fonte: Nairametrics

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.