A queda do Bitcoin para $ 10.000 deve ser uma preocupação real caso você seja um holder?

Se o Bitcoin fechar as próximas duas semanas acima de $ 10.000, ele marcará um fato novo em sua história de preços

Na semana passada, com o Bitcoin, a maior criptomoeda do mundo, caindo perto de US$ 10.000, os mercados ficaram tensos. Depois de quase um mês acima de $ 10.000, com a maior parte empurrando e puxando contra a marca de $ 12.000, uma queda maciça de 13 por cento em dois dias foi um motivo de preocupação. Mas agora, uma semana depois da queda, isso realmente prejudicou as esperanças dos holders ou é apenas algo que deve ser deixado de lado?

De acordo com um relatório recente da Chainalysis Market Intel, a queda brusca de preços da semana passada não mudou o sentimento dos holders. O relatório afirmava que, no passado, quando os preços caíam drasticamente, o envio de Bitcoins sobe entre 5% e 25%. Aqui, Bitcoin ‘enviado’ refere-se à criptomoeda sendo enviada para exchanges com o objetivo de liquidar em moeda fiduciária, stablecoins ou altcoins.

Dois eventos proeminentes que viram taxas de envio de Bitcoin maiores foram o final do final de 2017, quando o preço subiu para perto de $ 20.000 e então caiu precipitadamente, a queda para $ 4.000 no último trimestre de 2018 e a quebra de março de 2020 quando o o preço caiu para menos de $ 3.800. Com esse contexto de preço, a queda da semana passada não teve efeito semelhante sobre o Bitcoin enviado para as exchanges.

Bitcoin $ 10.000

Bitcoin enviado por semana para exchanges| Fonte: Chainalysis Markets

 

Um caso semelhante pode ser feito para Ethereum. A oscilação do preço da altcoin tem sido muito mais acentuada do que o do Bitcoin, com a primeira subindo para uma alta de dois anos no mês passado, antes da correção recente. Pode-se dizer que os mercados de Ethereum viram “algum pânico” com 4,7 milhões de ETH enviados às exchanges com uma perda de 5 a 25 por cento, um aumento de 10 vezes em relação à semana anterior. As perdas maiores foram contidas para apenas 78.000 ETH.

Olhando para os dados de Bitcoin contra Ethereum, o relatório dizia:

“Assim, como acontece com o Bitcoin, os detentores de Ethereum não parecem pensar que os preços cairão ainda mais.”

Voltando ao Bitcoin, qual é o quadro geral? O Bitcoin está definido para encerrar mais uma semana de negociação acima de $ 10.000, representando uma 7ª semana consecutiva em cinco dígitos. Na história do preço do Bitcoin, se formos por ele, nunca a criptomoeda gastou mais de 8 semanas acima de $ 10.000.

Entre junho e agosto de 2019, o preço estava acima de US$ 10.000 por 11 semanas, mas isso foi com uma pequena queda no final de julho e, de novembro de 2017 a janeiro de 2018, apenas sete semanas completas viram o preço acima de US $ 10.000, antes do mercado de baixa começasse.

Analisando esses dados, se o Bitcoin fechar as próximas duas semanas acima de US$ 10.000, ele marcará um fato novo em sua história de preços. Com os holders continuando a cambalear, essa tendência provavelmente continuará e o preço provavelmente se manterá.

Fonte: Coinstats

 

Fonte: AMBCrypto

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.