A recente alta da Cardano (ADA) e o que esperar em seguida

Com o advento da Shelley, Cardano apresentou excelente movimento de preços nos últimos tempos

A Cardano e seus detentores passaram duas semanas agradáveis, pois o preço do token ADA subiu 70% (em termos de USD). É provável que o surto tenha ocorrido como resultado da nova atualização “Shelley”, que permitirá fazer stacking na rede da Cardano.

Além disso, as métricas na cadeia mostram picos de volume nas transações, o que levou as empresas de análise a sugerir que esse aumento pode ser alimentado por “grandes investidores”. Em 9 de junho, a rede de testes Haskell Shelley será aberta para os membros que desejam administrar um stake pool. No dia 16 de junho, contudo, a rede pública de testes será aberta a todos os usuários.

Períodos maiores

Como visto abaixo, o gráfico mensal mostrou o início de um rally parabólico, o que mostra promessa se ele ultrapassar a zona de 952 sat. Além disso, o token recebeu três candles mensais com fechamentos mais altos, indicando um sinal de alta. Além disso, o gráfico semanal (à direita) mostrou um acréscimo de 67% (em termos de BTC), o que também é uma indicação de alta. No entanto, nos dois períodos, é necessário que o preço ultrapasse a zona de resistência de 900-1000 sat.

ADA/BTC TradingView

 

Gráfico horário

ADA/BTC TradingView

 

O gráfico horário indicava a formação de uma cunha em queda, que tem um viés de alta inerente a ela. Além disso, um padrão semelhante formado antes disso também mostrou uma alta. Combinando a ação do preço com o RSI, pode-se notar que há uma repetição da mesma sequência de eventos (isto é, queda de preço e RSI). Entretanto, mesmo no período de hora em hora, há uma resistência que pode ser observada em 900 a 950 sats, que se estende até 1050 sats. Portanto, violar esse nível é extremamente importante.

Com o aumento da tração para o token da Cardano devido ao lançamento da Shelley e os investidores subindo o preço, isso poderia facilmente violar a resistência acima mencionada. Caso haja uma falha em violar essa zona, o preço recuará, levando-o de volta aos 785 sats e talvez mais baixo.

Fonte: AMB Crypto

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.