Adobe e Rarible Partner se unem para aprimorar a atribuição de conteúdo NFT

Para ajudar a garantir a promessa de escassez digital, a Adobe está testando um novo recurso beta, que ajudará a verificar a autenticidade dos NFTs.

Adobe – uma empresa multinacional de software de computador – recentemente fez uma parceria com o mercado NFT “Rarible”, para oferecer suporte à proveniência digital. Eles estão dando o pontapé inicial na versão beta da Adobe de seu novo recurso “Credenciais de conteúdo”, que ajuda a verificar e proteger os metadados de conteúdo digital.

Verificando a propriedade de NFT.

A Rarible anunciou o novo recurso em uma postagem em seu site, no início desta semana. Os criadores agora podem verificar facilmente a propriedade do conteúdo digital, criado em várias plataformas da Adobe. Isso inclui Photoshop, Stock e Behance.

Ao usar o aplicativo de desktop, photoshop para criação de NFT, os criadores agora podem vincular seu perfil de mídia social, e endereço de carteira ao seu trabalho. Isso aumenta a certeza entre os consumidores de que uma parte do conteúdo é obra legítima do suposto criador.

A Rarible e outros mercados NFT fizeram parceria com a Adobe, para ajudar a exibir essas “credenciais de conteúdo”. A ajuda deles garantirá que o recurso esteja amplamente disponível em todo o mundo NFT, e permitirá que os colecionadores verifiquem se os tokens não fungíveis estão sendo cunhados e criados pela mesma carteira.

Ao adicionar um endereço ao trabalho cunhado no Rarible, ele será exibido com metadados de credenciais de conteúdo publicamente visíveis na listagem. Conseqüentemente, a atribuição de propriedade parece muito mais fácil para os compradores.

“Apoiamos totalmente a missão da Adobe de tornar o mundo digital um lugar mais aberto e seguro para criadores e consumidores”.

Disse Rarible.

“Estamos ansiosos para trabalhar juntos como parte do CAI para combater a desinformação com atribuição e veracidade verificável do conteúdo.”

O projeto “Content Credentials” da Adobe faz parte da, Content Authenticity Initiative (CAI), que foi cofundada em 2019. O projeto pretende combater a desinformação visual online.

NFTs e escassez digital.

Garantir a autenticidade das criações digitais originais está no cerne do que torna os NFTs e a tecnologia blockchain tão especiais. Dessa forma, atletas, celebridades e investidores tradicionais estão vendo uma tremenda oportunidade no espaço, para vender itens colecionáveis ​​“autênticos”.

Ontem, Jordan Belfort – também conhecido como “O Lobo de Wall Street” – declarou publicamente seu amor pelos NFTs e citou a si mesmo dizendo que “não vai sair porra nenhuma“.

Mais recentemente, os NFTs de Shiba Inu subiram ao palco quando a criptomoeda correspondente atingiu um preço recorde e popularidade. Os primeiros compradores já estão obtendo lucros de mais de 300% em seus itens colecionáveis.

 

Fonte: CryptoPotato

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8