Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA) está desenvolvendo sua própria criptomoeda?

NSA e sua própria criptomoeda

A Agência de Segurança Nacional (NSA), uma agência de inteligência de nível nacional do Departamento de Defesa dos EUA, tem rastreado transações suspeitas de Bitcoin. E agora a NSA pode estar criando sua própria criptomoeda.

A agência poderia estar desenvolvendo sua própria criptografia resistente à computação quântica, de acordo com Anne Neuberger, diretora da Diretoria de Segurança Cibernética da NSA.

Um tweet do repórter William Turton do Bloomberg revelou que Neuberger comentou os planos relacionados à criptomoeda da NSA durante a 10ª Cúpula Anual de Cibersegurança de Billington, realizada em Washington DC.

Embora as razões exatas para a NSA estar lançando sua própria moeda digital não sejam claras, vários analistas argumentaram que, no futuro, a computação quântica poderia representar uma ameaça para as plataformas existentes baseadas em criptomoedas e blockchain.

Conforme observado em relatórios anteriores, a computação quântica pode avançar até o ponto em que seria capaz de decifrar sistemas criptográficos existentes que são usados para proteger dados, incluindo as chaves privadas das reservas de criptomoedas dos usuários.

A NSA pode estar desenvolvendo tecnologia de criptografia, não uma criptomoeda

Notavelmente, as declarações recentes de Neuberger também podem significar que a NSA pode estar concentrando sua pesquisa no desenvolvimento de tecnologia de criptografia resistente a computação quântica, e não necessariamente em uma criptomoeda.

A nova Diretoria de Segurança Cibernética da NSA foi criada em julho. Sua missão é “prevenir e erradicar ameaças” aos Sistemas de Segurança Nacional e à Base Industrial de Defesa, de acordo com a NSA. A Diretoria iniciará suas operações em 1º de outubro de 2019.

Antes de assumir seu cargo atual na unidade de segurança cibernética, Neuberger era responsável pelo pequeno grupo da NSA na Rússia.

A NSA priorizou as atividades de vigilância do Bitcoin, de acordo com relatórios classificados revisados pelo The Intercept em 2018, que foram compartilhados por Edward Snowden, um denunciante americano que vazou anteriormente informações altamente sigilosas classificadas pela NSA (enquanto trabalhava como contratado pela Agência Central de Inteligência dos EUA).

De acordo com um memorando da NSA, a agência está coletando informações privadas, incluindo senhas de contas Bitcoin, identificadores de dispositivos e atividade da Internet dos usuários.

Fonte: EWN

Foto de Bruno Lugarini
Foto de Bruno Lugarini O autor:

Estudante de Sistema da Informação, técnico de informática, apaixonado por tecnologia, entusiasta das criptomoedas e Nerd.