“Ainda sou a P*rra  do John McAfee”: Programador revela como “descobriu” identidade de Satoshi Nakamoto

Mcafee fala sobre como descobriu a identidade do criador da maior criptomoeda do mercado

Recentemente o WeBitcoin noticiou que o famoso programador John McAfee declarou em seu perfil no Twitter que sempre soube a verdadeira identidade de Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin.

De acordo com McAfee, Satoshi não é uma pessoa, e sim por toda uma equipe. O programador acrescentou ainda que o white paper da moeda foi escrito por um indivíduo que atualmente reside nos Estados Unidos.

As “revelações” desencadearam uma grande comoção, e diversos seguidores começaram a questionar McAfee, perguntando ao programador como ele conseguiu descobrir as informações apresentadas. Em resposta, o programador disse que ainda é a “P*rra do John McAfee”.

WeBitcoin: John McAfee revela como "descobriu" identidade de Satoshi Nakamoto

Como eu sei sobre Satoshi?

Sim, eu bebo, uso drogas, persigo mulheres, fujo da lei – o que eu venho fazendo desde que tinha 19 anos. Mas isso não anula o fato de que eu criei uma ótima companhia focada em parar hackers. Eu tinha que saber hackear. Eu ainda sou a P*rra  do John McAfee

Quando continuou a ser questionado nos comentários, o programador se autoproclamou uma “lenda da cibersegurança”, acrescentando que “não há nada, absolutamente nada” que ele não poderia descobrir.

Após seu anúncio anterior sobre o criador do Bitcoin, McAfee passou a receber emails de revelação de vários “Satoshis”, ao que ele respondeu: “Se você precisa me contatar para se revelar, você não é ele”.

Anteriormente o WeBitcoin noticiou que McAfee reforçou sua previsão de que o Bitcoin irá valer US$1 milhão até o final de 2020. De acordo com o programador, “é matematicamente impossível” que a moeda não atinja esse valor na data estipulada.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli