Analista da eToro: O Crypto Winter acabou, mas o rally do Bitcoin pode demorar um pouco para acontecer

Especialistas apresentam sinais contraditórios sobre o Bitcoin

Ao longo das últimas semanas o mercado de cripto viu com satisfação o Bitcoin mostrar sinais de valorização e recuperação.

O final do crypto winter foi apontado por Thomas Lee, CEO da Fundstrat. Robert Sluymer, estrategista técnico da empresa, declarou que agora é a hora de acumular Bitcoin, visto que o ativo supostamente passará por um rally nas próximas semanas. Até mesmo Ran NeuNer, fundador da Onchain Capital, afirmou em uma recente publicação em seu perfil no Twitter que o bull market está de volta.

As expectativas são muitas em torno da valorização da moeda. Entretanto, para Mati Greenspan, o entusiasmo não é tão grande.

Apesar de concordar que o crypto winter “acabou completamente”, o analista da eToro acredita que um rally não acontecerá em um futuro tão próximo. De acordo com ele, um possível cenário a ser considerado é que o valor retorne a US$4.000 como resultado de uma venda dramática atingindo níveis pré-rally.

WeBitcoin: Analista da eToro: O Crypto Winter acabou, mas o rally do Bitcoin pode demorar um pouco para acontecer

O analista acrescenta que o recente caso envolvendo a exchange Bitfinex e o desvio de Tether da conta dos clientes ainda pode causar danos ao mercado, visto que o processo judicial ainda está em andamento.

Recentemente foi noticiado que a Bitfinex anunciou uma IEO (initial exchange offering) para aportar o total de US$1 bilhão com a criação e comercialização de um token previamente chamado de LEO.

De acordo com Thomas Lee, a iniciativa poderá causar um impacto negativo no Bitcoin, afirmando que uma IEO de US$1 bilhão representa um fornecimento muito grande de tokens, e isso provavelmente irá gerar “um impacto negativo de curto prazo no Bitcoin e outras criptomoedas, visto que o mercado precisa absorver essa oferta”.

De acordo com uma análise recentemente realizada pelo WeBitcoin, é provável e “saudável” que a moeda sofra uma correção nos próximas dias, provavelmente regredindo para US$5.100, mas é preciso levar em consideração que as médias ainda dão suporte para uma correção de até US$4.800, mantendo ainda a tendência de alta.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli