Após debate, Dr Doom chama CEO da BitMEX de covarde, diz que cripto é uma máfia

Nouriel Roubini e Arthur Hayes trocam farpas após debate

Após participar de um debate no Asia Blockchain Summit, o famoso economista Nouriel Roubini (Dr. Doom) causou intrigas no Twitter por se referir ao CEO da BitMEX, Arthur Hayes, como covarde, e ao mercado de criptomoedas como uma máfia.

Ambos participaram do debate Tangle in Taipei durante o evento, no qual dividiram o palco para falar sobre o setor.

De acordo com Roubini, o segmento foi o único do Summit a não ser transmitido ao vivo, contando apenas com uma gravação que será editada, mostrando os grandes “destaques manipulados” do debate.

https://twitter.com/Nouriel/status/1146264716433661954

As criptos são uma raquete de dinheiro da máfia. Os organizadores da conferência de blockchain cederam à censura da BitMEX e não gravaram ou transmitiram o meu debate com ; ele fez com que seus subordinados fizessem a única gravação do debate, e está escondendo-a de vista. Libere a gravação, covarde!

Como era de se esperar com tais acusações, Hayes foi ácido em sua resposta, afirmando que após a liberação da gravação, ele ficaria surpreso se qualquer instituição de ensino superior permitisse a entrada de Nouriel, que também atua como professor na área de economia.

https://twitter.com/CryptoHayes/status/1146267076425900036

Não se preocupe, nossas gravações irão expor sua refinada compreensão sobre economia e tecnologia. Após ver a gravação, eu ficaria surpreso se você fosse permitido em qualquer instituição de ensino superior.

Nouriel ainda publicou alguns tweets furiosos, mandando Hayes “calar a boca” e afirmando que as gravações seriam editadas porque ele “destruiu” o CEO no debate.

Como noticiado anteriormente pelo WeBitcoin, Roubini é um grande opositor do mercado de criptomoedas, e já chegou a chamar o Bitcoin de “mãe de todas as bolhas”, declarando ainda que o blockchain não é melhor que uma planilha de Excel.

Recentemente o economista aproveitou a nova correção do Bitcoin para afirmar que a moeda é tóxica, chamando ainda atenção para o fato de que o ativo perdeu cerca de 30% do seu valor em menos de uma semana, o que segundo ele, ainda está longe de deixá-lo na posição que realmente pertence – abaixo de zero.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli