Após lançamento do iPhone 8 e iPhone 8 Plus, Apple perde quase US$ 50 bilhões em valor de mercado

As ações da Apple em Wall Street fecharam em queda de quase 1% nesta sexta-feira (22), acumulando uma desvalorização de 5,9% desde a véspera do lançamento do iPhone 8 e iPhone 8 Plus, além do iPhone X.

Entre o dia 11 de setembro e esta sexta, o valor da ação da empresa na bolsa norte-americana passou de US$ 161,50 para US$ 151,98. Já o valor de mercado da empresa foi de US$ 834 bilhões para US$ 785 bilhões.

As vendas do iPhone 8 e iPhone 8 Plus foram iniciadas nesta sexta, enquanto o iPhone X terá sua comercialização iniciada em novembro.

O anúncio de que o iPhone X será vendido apenas em novembro desagradou alguns investidores, conforme explicou o analista Daniel Gleeson, da Ovum, ao canal de notícias CNBC. O motivo é que o lucro da Apple no quarto trimestre fiscal, que se encerra em setembro, poderá ser “substancialmente” menor que as expectivas, disse Gleeson. O lançamento em novembro frustrou as expectativas de vendas para o mês de setembro e quarto trimestre fiscal da Apple, segundo a publicação.

Leia também: Site Pirate Bay pode estar minerando criptomoedas com o seu pc

O jornal “Finacial Times” também aponta frustração dos investidores quanto à data de lançamento, que ainda apontam a possibilidade de vendas mais fracas. “Eu acho que a demanda está baixa em relação ao ano passado”, disse à publicação Neil Cybart, um analista da Apple em Above Avalon. “Uma parte da demanda de lançamento do iPhone ainda não está se materializando”. Segundo o jornal, investidores apontam ainda o aumento dos preços como uma das razões para as incertezas.

Ações da Apple em Wall Street
Variação do preço desde a véspera do lançamento do novo iPhone

Fonte: Reuters