Após suposto hack, ATM de Bitcoin “cospe” dinheiro em Londres

Caixa eletrônico de Bitcoin é comprometido e despeja milhares de cédulas em Londres

Recentemente foi noticiado no Twitter e no Reddit que um caixa eletrônico de Bitcoin foi comprometido e passou a “cuspir” dinheiro em um shopping londrino.

Apesar de muitos especularem que o caso seja resultado de um hack, a Shitcoins Club, empresa por trás da máquina, afirma que o ATM foi comprometido após algum usuário inserir uma moeda no aceitador de notas, fazendo com que ficasse travada e prejudicasse o sistema.

Aparentemente a empresa é uma das únicas do setor que permite grandes saques em dinheiro, razão pela qual fontes apontam que cerca de 30 mil euros foram “despejados”.

Para tentar conter a situação, um segurança do estabelecimento tentou afastar as pessoas e recolher as notas com uma bolsa, que aparentemente não foi suficiente para comportar a quantia. A imagem abaixo foi fornecida por um usuário do Reddit, e de acordo com a empresa, apresenta a visualização na tela de verificação remota realizada por sua equipe de TI.

WeBitcoin: Após suposto hack, ATM de Bitcoin "cospe" dinheiro em Londres

A Shitcoins Club afirma ainda que não está autorizada a realizar a manutenção da máquina neste fim de semana por ordens do shopping, mas se compromete a consertar o ATM até terça-feira.

De acordo com o CoinATMRadar, a empresa opera cerca de 60 ATMs de Bitcoin na Europa, a maioria na Polônia.

Anteriormente o WeBitcoin noticiou que o número de caixas eletrônicos de criptomoedas ultrapassou 4 mil em todo o mundo. Presente em mais de 70 países, o serviço é mais comum nos Estados Unidos, que possui cerca de 50% do total de máquinas disponíveis.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli