Após volta da Binance, BNB valoriza alcança maior valor já registrado

Binance Coin valoriza 8% após exchange retomar serviços

Desde o dia 7 de maio, quando a exchange Binance passou por um hack milionário, a Binance Coin (BNB) registrou uma tendência de queda, passando por uma desvalorização de 8% em menos de 24 horas.

O incidente, que desviou mais de 7 mil Bitcoins, paralisou os serviços de depósito e saque por uma semana, os quais foram retomados apenas nesta manhã (15), às 10h (horário de Brasília). Durante os últimos três dias, a moeda mostrava alguns sinais de recuperação, provavelmente acompanhando o movimento de alta do Bitcoin (US$7.980), mas sempre com rápidas correções.

Neste período, a Binance se mantinha em constante comunicação com os investidores, mantendo a comunidade ciente sobre as atualizações no sistema de segurança e o andamento do processo.

Após o anúncio de que a plataforma iria retomar suas atividades, a Binance Coin não demorou a mostrar resultados, registrando uma valorização de quase 8% em pouco mais de uma hora, alcançando o pico de US$27,07, o valor mais alto já apresentado pelo ativo.

No momento da escrita a moeda é negociada a US$26,96 de acordo com o CoinMarketCap.

Para aumentar ainda mais o entusiasmo em torno da moeda, juntamente com a retomada dos serviços, a Binance anunciou uma campanha que irá distribuir 50 mil BNB para usuários que registrarem um volume de negociação (compra e venda) igual ou superior a 1 Bitcoin. A campanha foi iniciada hoje (15) e irá durar até sábado (18), e inclui todos os pares de trade disponíveis na Binance.

Anteriormente o WeBitcoin noticiou que Changpeng Zhao, CEO da Binance, informou que os hackers efetuaram o roubo por meio da exploração de áreas como validação de saques, API e autenticação de dois fatores (2FA). O CEO afirma que, durante o período de paralisação, a equipe da plataforma realizou mudanças significativas na áreas citadas e na estrutura de segurança em geral, para aumentar a segurança dos investidores prevenir ataques similares no futuro.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli