Apple gera polêmica ao solicitar que seus aluguéis nas lojas do Reino Unido sejam reduzidos em 50%

Demanda surgiu depois que se tornou a empresa mais rentável do mundo

Conforme relatado pelo The Sunday Times, a Apple está propondo o acordo de redução do aluguel às lojas que ainda têm vários anos de locação, permitindo que os proprietários tenham tempo de sobra para tomar uma decisão. A publicação escreve que as 38 lojas que a Apple tem no Reino Unido são extremamente lucrativas, portanto os proprietários dos locais provavelmente aceitarão os acordos para manter um inquilino favorito.

Apesar do fechamento temporário de lojas durante as quarentenas do coronavírus, a Apple informou que suas vendas no segundo trimestre aumentaram 11%, para US$ 59,7 bilhões. Tornou-se a primeira empresa americana de US$ 1,5 trilhão em junho e, depois que as ações saltaram na sexta-feira, o valor de mercado da fabricante de iPhone atingiu agora um recorde de US$ 1,84 trilhão.

apple reino unido

Uma loja da Apple no Reino Unido (foto tirada antes do distanciamento social)

 

————————————————————————————————————————————–

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: coinext.com.br

————————————————————————————————————————————–

Com o desempenho tão bom da Apple, por que está pedindo uma redução de aluguel? O Times afirma que a Apple alinhará as lojas com outros pontos de venda que viram proprietários cortando aluguéis para diminuir o impacto da redução do número de clientes. Várias empresas do Reino Unido ingressaram na “administração” – um procedimento britânico semelhante à falência – enquanto as dificuldades financeiras relacionadas à pandemia ocorrem.

O Times escreve que o pedido da Apple foi recebido com “consternação” por parte dos proprietários, sem surpresa. Parece que a empresa está tirando proveito de uma situação projetada para ajudar as empresas em risco real de falir, o que não parece o caso para uma gigante de tecnologia de quase US$ 2 trilhões.

Fonte: TechSpot

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.