O Arsenal FC enfrenta pressão regulatória no Reino Unido por causa de promoções de fan tokens “enganosas”

A Autoridade de Padrões de Publicidade do Reino Unido baniu dois anúncios do Arsenal FC, que supostamente era para “tirar proveito da inexperiência dos consumidores em cripto ativos”

Fan Token Arsenal
Fan Token na Socios.com

A Autoridade de Padrões de Publicidade do Reino Unido (ASA) proibiu dois anúncios de token que promovem o Arsenal Futebol Clube, determinando que as promoções são “irresponsáveis” e “enganosas”.

Conforme afirmou a ASA:

Como os anúncios banalizaram o investimento em cripto ativo e tiraram proveito da inexperiência ou credulidade dos consumidores, ao não deixar claro que, o CGT (imposto sobre ganhos de capital) teria que ser pago sobre os lucros do investimento, concluímos que os anúncios eram irresponsáveis ​​e violavam o Código.

https://twitter.com/ASA_UK/status/1473585188483465225?s=20

Publicamos 25 decisões hoje, incluindo uma que proíbe postagens do Arsenal, por tirar proveito da inexperiência dos consumidores em cripto ativos.

De acordo com a decisão, os anúncios em questão foram postados na página do Arsenal, no Facebook, no dia 12 de agosto, bem como no site do clube, no dia 6 de agosto. O primeiro dizia que “$ AFC agora está no ar $ CHZ” e convidava os usuários a “baixar o App Socios para obterem seu token e voto”.

O segundo anúncio era intitulado “$ AFC Fan Token: Tudo o que você precisa saber” e “incluía informações explicando o que era o Arsenal Fan Token e os benefícios que ele oferecia”, resumiu o ASA.

Não deve ser promovido imprudentemente

Em sua decisão, o regulador apontou três pontos principais de discórdia nos anúncios do Arsenal. Em primeiro lugar, o ASA os considerou “irresponsáveis ​​porque se aproveitaram da inexperiência ou credulidade dos consumidores e do investimento trivial em cripto ativos”.

Além disso, as promoções “não ilustraram o risco do investimento”, enquanto uma delas também “era enganosa, porque não deixava claro que o token era uma criptomoeda, que só poderia ser obtido abrindo uma conta e trocando por outra criptomoeda, que teve de ser adquirida”, afirmou o ASA, concluindo:

Os anúncios não devem aparecer novamente na forma reclamada.

De acordo com o The Guardian, o Arsenal em sua resposta, disse que planeja conduzir uma revisão, independente da decisão do regulador “para buscar maior clareza sobre a posição atual do ASA”.

Conforme afirmou o porta-voz do clube ao canal:

Levamos muito a sério nossas responsabilidades em relação ao marketing para nossos fãs. Analisamos cuidadosamente as comunicações aos torcedores sobre nossas promoções e fornecemos informações sobre riscos financeiros.

Na semana passada a ASA proibiu sete outros anúncios relacionados à cripto, publicados por empresas como Etoro, Exmo, Coinburp e Luno, por falharem em destacar os riscos potenciais dos ativos digitais.

Fonte: CryptoSlate

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno.Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_