Arthur Hayes diz para entusiastas se prepararem para o rali massivo do Bitcoin

Arthur Hayes
Para Arthur Hayes, o Bitcoin ainda pode testar suporte em US$ 17.000 antes de iniciar rali – Imagem: Twitter Arthur Hayes

Arthur Hayes, diz que o Bitcoin teve rejeição nos principais pontos de resistências, podendo testar novamente a mínima de US$ 17.000

No momento da redação deste artigo, o preço do BTC é negociado a US$ 20.100 com uma perda de 1,4% e um lucro de 7% nas últimas 24 horas e na semana passada, respectivamente.

O Bitcoin está tendendo para o lado negativo desde o final de 2021, quando a criptomoeda atingiu uma alta histórica em US$ 69.000. Desde então, o preço do Bitcoin perdeu mais de 60% de seu valor e pode continuar tendendo para o lado negativo no curto prazo.

No entanto, o ex-CEO da exchange de criptomoedas BitMEX Arthur Hayes afirma que um “Doom Loop” começou na arena macroeconômica. Via Twitter, Hayes compartilhou o gráfico diário do Euro (EUR) em relação ao dólar americano.

A moeda europeia atingiu a paridade com sua contraparte norte-americana pela primeira vez em 20 anos. Semelhante ao Bitcoin, o Euro tem tendência para o lado negativo desde 2021 e pode potencialmente estender suas perdas.

Essa queda foi desencadeada pelo conflito Ucrânia-Rússia e pelo aumento da inflação, forçando os Bancos Centrais de todo o mundo a agir reduzindo seus balanços ou aumentando suas taxas de juros. O Banco Central Europeu (BCE) não conseguiu tomar uma medida eficaz.

Assim, contribuindo para o declínio de sua moeda. Este “Doom Loop” faz parte do cenário de Hayes onde o Euro e o dólar americano se desvalorizaram em favor do Ouro e Bitcoin.

Esse cenário começou a se desenrolar quando a Rússia foi cortada do sistema financeiro internacional. Na próxima década, os países e as pessoas preferirão comprar essas commodities em vez da moeda fiduciária emitida pelo banco central. Hayes explicou:

… à medida que o ouro for bem-sucedido, o Bitcoin também terá (…). Por que qualquer banco central deveria “economizar” em qualquer moeda fiduciária ocidental, quando suas economias podem ser expropriadas arbitrariamente e unilateralmente pelos operadores das redes monetárias fiduciárias digitais?

A pergunta de 1 milhão. O mundo se voltará para o Bitcoin na próxima década?

Essa tendência de alta no preço do ouro e do Bitcoin pode levar os ativos para US$ 10.000 e US$ 1 milhão, respectivamente. O “Doom Loop” descrito por Hayes é principalmente uma “mudança mental” nas entidades financeiras, um declínio na única coisa que sustenta a moeda fiduciária: a confiança.

Quando não há confiança, instituições e governos globais só podem negociar em um sistema sem confiança. Assim, por que Hayes prevê um aumento tão grande no preço do Bitcoin. No entanto, esse processo levará tempo e poderá se materializar em algum momento da próxima década.

O #DoomLoop começou. 1 USD = 1 EUR. Prepare-se para YCC e BTC = US$ 1 milhão. Mas, por favor, seja paciente, essas coisas levam tempo.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_