Atlas Quantum faz pronunciamento sobre vídeo fake

Comunicado oficial do Atlas Quantum foi publicado poucas horas depois das revelações da Gate.io e da HitBTC

No dia 18 de setembro, o CEO do Atlas Quantum veio a público em comunicado oficial para falar sobre os problemas enfrentados pela empresa e pelos clientes. O vídeo que pode ser acessado através desse link veio acompanhado de perguntas e respostas acerca do atual momento vivido pelo Atlas Quantum.

O problema é que duas exchanges citadas no vídeo foram a público afirmando que a Atlas está mentindo sobre os supostos valores retidos nas plataformas.

“Como falamos, nós não confirmamos as reivindicações do Atlas Quantum …. Além do mais, a interface da HitBTC foi forjada, como detalhamos aqui” – explicou a HitBTC através de sua conta oficial no Twitter.

Você pode conferir a matéria na íntegra onde detalhamos esse assunto clicando nesse link.

Com a repercussão extremamente negativa gerada pelas novas revelações, o Atlas veio a público através de um comunicado oficial postado em seu blog para tentar explicar a situação. Você pode conferir abaixo o pronunciamento da empresa:

Caros investidores,

 

 

Desde o início de agosto, quando tivemos bloqueio de saques, buscamos nos engajar com as corretoras com o propósito de solucionar as demandas de forma efetiva e rápida. O contato direto com executivos das corretoras internacionais se mostrou mais complexo nestes momentos de saques do que em tempos de depósito.

 

 

Através de escritórios internacionais de advocacia conseguimos evoluir nas trativas. Foi apontada como razão para o bloqueio a insuficiência de ferramentas de KYC, KYT e AML. A fim de solucionar as demandas contratamos desde então ferramentas como ONFIDO, Emailage, ChainAnalysis. Neste momento, porém, fomos surpreendidos com táticas de procrastinação, comunicações assimétricas e até mesmo gestores de má-fé.

 

 

Neste momento, nossos advogados seguem diligenciando para a liberação dos recursos.

 

Estamos trabalhando incessantemente para solucionar as dificuldades. Relembramos que apesar dos atrasos os saques são processados, porém em menor volume. Continuaremos buscando as melhores soluções para nossos clientes, colaboradores e comunidade.

 

 

Atenciosamente,

Rodrigo Marques

CEO e fundador

*Imagem de: Pete Linforth por Pixabay

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.