Áustria planeja regulamentar o bitcoin da mesma forma que o ouro

Criptomoedas são preocupantes

O ministério de finanças da Áustria disse que pretende regulamentar o Bitcoin e outras criptomoedas da mesma forma como o ouro e os derivativos são governados, e o país espera que a união europeia faça o mesmo.

Os órgãos reguladores ao redor do mundo têm ficado cada vez mais preocupados com a natureza imutável e descentralizada das transações em blockchain, na qual acreditam ser ferramentas ideais para lavagem de dinheiro e outros atos desprezíveis. No entanto, tais preocupações existem apesar do fato de que a maioria das transações ilícitas ainda são feitas em dólares americanos.

Na jornada para combater essa ameaça, Hartwig Loeger, ministro de finanças da Áustria, disse acreditar que as atuais regras que governam a negociação de metais preciosos e derivados permitirão que o governo impeça as criptomoedas de serem usadas para a lavagem de dinheiro.

De acordo com uma reportagem da Bloomberg, Loeger disse: “As criptomoedas estão cada vez mais adquirindo importância na luta contra a lavagem de dinheiro e contra o financiamento do terrorismo”. “Isso é um aspecto importante para as mudanças que apoiamos. Precisamos de mais confiança e de mais segurança.”

Loeger acrescentou que acredita que, em suma, as ofertas iniciais de moedas (ICOs) deveriam ser encaradas como ações, exigindo que operadores registrem “prospectos digitais” com supervisores financeiros e busquem a aprovação regulamentar antes de começar a aceitar contribuições.

Leia mais: 46% das ICOs do ano passado já fracassaram

Quadro regulamentar internacional

No entanto, devido à natureza sem fronteiras do Bitcoin, Loeger disse que era vital que a União Europeia implementasse um quadro regulamentar internacional para as criptomoedas e, além disso, Loeger acrescentou que planejou discutir o assunto com o ministro das finanças de Portugal em uma reunião na sexta-feira.

Esse aumento na atenção de órgãos reguladores da Áustria surgiu poucos dias após o aparecimento de notícias sobre uma fraude na Áustria chamada de “Optioment”. Essa fraude de investimento roubou cerca de 12.000 BTC, avaliados em mais de $122 milhões de dólares, de mais de 10.000 investidores.

No entanto, os órgãos reguladores espalhados pela Europa já estão monitorando as criptomoedas e seus produtos financeiros nos últimos dias.

Os órgãos reguladores do sistema financeiro da França avisaram as plataformas de negociação que os produtos derivados de criptomoedas que forem liquidados em dinheiro se enquadram na supervisão do governo e devem cumprir com as regulamentações de mercado existentes.

No entanto, o tesouro do Reino Unido está conduzindo uma investigação sobre os benefícios e os riscos das criptomoedas, assim como a tecnologia de blockchain em geral.

Fonte: CCN.com

Foto de Andre Cardoso
Foto de Andre Cardoso O autor:

André , ariano, engenheiro, empreendedor, trader de criptos profissional, palestrante e professor. Adora números, gráficos e aprender coisas novas.

andre.cardoso.btc/