Autoridades francesas advertem população sobre a venda de Bitcoin em tabacarias

A atividade supostamente não foi aprovada

A AMF, autoridade reguladora do mercado financeiro da França, recentemente emitiu uma advertência junto ao Banco Central francês e à Autoridade de Supervisão e Resolução Prudencial (ACPR), relembrando a população dos riscos associados às criptomoedas e seu preço especulativo. A advertência foi explicitamente direcionada à recente notícia de que tabacarias francesas passariam a vender Bitcoin à partir de janeiro de 2019.

“Recordamos os riscos associados ao investimento em ativos (criptomoedas) especulativos, que não estão bem adaptados aos perfis de investidores privados não sofisticados (…). A compra, venda e investimentos em Bitcoin atualmente são realizados fora de qualquer mercado regulamentado.”

Conforme noticiado pelo WeBitcoin, a Fédération des Buraliste (Federação de Tabacarias), se aliou à KeplerK, fornecedora local de criptomoedas, planejando lançar vouchers em Bitcoin em mais de 4 mil pequenas lojas de varejo de tabaco ao redor do país.

De acordo com a mídia, a iniciativa havia sido aprovada pela ACPR, que atua sob o Banco Central da França. Entretanto o Banco negou veementemente o caso.

A advertência enfatiza que a entidade que utiliza o nome comercial KeplerK não possui autorização ou aprovação, e provavelmente não é capaz de fornecer qualquer garantia aos clientes.

FONTE: COINTELEGRAPH

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli