Autoridades italianas decidem integrar o país na Parceria Européia de Blockchain

A participação será assinada amanhã na Bélgica

Segundo Mirella Liuzzi, membro do parlamento italiano, o país está prestes a entrar na Parceria Europeia de Blockchain.

De acordo com Liuzzi, a parceria, que consiste na colaboração de 26 países da União Europeia, será assinada por Luigi Di Maio, Ministro do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Políticas Sociais amanhã, 28 de setembro em Bruxelas.

Adentrar a parceria permitirá que a Itália (…) defina sua própria linha no desenvolvimento da tecnologia (blockchain) – uma prática que os governos anteriores nunca implementaram”, disse.

WeBitcoin: Autoridades italianas decidem integrar o país na Parceria Européia de Blockchain

Mirella também mencionou que o governo planeja contratar especialistas na tecnologia para desenvolver uma estratégia nacional em relação ao setor.

A Parceria foi criada em abril como forma de vínculo entre os membro da UE, contando com 22 países inicialmente.

Em junho a cidade de Nápoles lançou um grupo focado na promoção da tecnologia blockchain apoiado pela prefeitura. Recentemente, a região declarou estar disposta a lançar a própria criptomoeda.

Leia mais: Startup suíça investe US$100 milhões na criação de banco de criptomoedas

FONTE: COINTELEGRAPH