Baleia a vista: Transação de US $ 1 Bilhão em Bitcoin com taxa salgada

Uma transferência de US $ 1 bilhão em BTC foi feita nesta manhã por uma Baleia

A transação de 94.504 BTC aconteceu hoje e foi logo identificada pelo canal que rastreia as baleias: o Whale Alert.
Podemos ver abaixo, também, no twitter do mesmo canal.

Especulações

Rumores e especulações surgiram logo depois, com os usuários do Twitter oferecendo uma infinidade de teorias aludindo quem poderia ter sido o autor dos fundos.

Alguns usuários sugeriram que os fundos provavelmente eram um depósito para a Bakkt, que por um Tweet da empresa, começa a aceitar o armazenamento de bitcoin de clientes hoje, em antecipação ao lançamento oficial em 23 de setembro.

Isso foi corroborado pelo analista Alx Kriger, que destacou que esses fundos provinham de um endereço que não era de câmbio; excluindo Binance e Coinbase, que são conhecidas por fazer transferências igualmente grandes.

Taxas Super Faturadas

Além do grande alvoroço em cima dessa transferência gigantesca, a cobrança pelo envio dos fundos também foi surpreendente, citando uma taxa de transação de US $ 700.

Baleia whalet alert

Para colocar isso em perspectiva, o envio de apenas US $ 1 milhão via Trasnferwise, uma empresa internacional de remessas, acumularia uma taxa de 0,36%. O cálculo dessa taxa em US $ 1 bilhão resultaria em  US $ 3.600.000 em taxas de transferência. Uma taxa salgada.

No entanto, parece que o remetente, quem quer que seja, também pagou um valor considerável pela transferência. Normalmente, a verificação da transação custa apenas 23 satoshis por byte. No entanto, a taxa paga por byte ficou em 480 satoshis; cerca de US $700 no total.

Ainda assim, muito mais barato que usar um banco ou empresa de remessa internacional.

Foto de Andre Cardoso
Foto de Andre Cardoso O autor:

André , ariano, engenheiro, empreendedor, trader de criptos profissional, palestrante e professor. Adora números, gráficos e aprender coisas novas.

andre.cardoso.btc/