Banco suíço de 177 anos adiciona Bitcoin e Ethereum aos seus serviços

Bordier & Cie SCmA está acompanhando o momento e adicionando suporte para Bitcoin e outras criptomoedas

Bordier & Cie SCmA, um banco suíço fundado em 1844, acrescentou o comércio de Bitcoin e outras criptomoedas à sua lista de serviços, de acordo com um comunicado de imprensa publicado hoje.

“Vimos uma demanda crescente de nossos clientes para diversificar em classes alternativas de ativos, como ativos digitais”, disse o sócio-gerente de Bordier, Evrard Bordier.

O novo serviço permite que os clientes da Bordier comprem, mantenham e negociem criptomoedas, incluindo Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash e Tezos. A empresa planeja expandir o número de moedas que oferece no futuro.

A plataforma bancária Sygnum Bank está fornecendo a gestão da infraestrutura que custodiará as chaves privadas que controlam o acesso às moedas, conectam-se com provedores de liquidez e monitoram as transações. Também garantirá que o banco tenha procedimentos de combate à lavagem de dinheiro para seus ativos de criptomoedas.

“Bordier continua sua tradição de 177 anos de salvaguardar a riqueza dos clientes para as gerações futuras, oferecendo a ‘próxima geração’ de ativos aos seus clientes”, acrescentou o CEO do grupo Sygnum, Mathias Imbach.

Ao mesmo tempo, Bordier enfatizou que o serviço é do tipo “somente execução”, o que significa que o banco não oferecerá nenhum conselho adicional ou serviços de consultoria em relação a criptomoedas.

Conforme relatado pela Decrypt, a empresa de inteligência de negócios MicroStrategy adicionou mais US$ 1 bilhão em Bitcoin aos seus balanços hoje, mais uma vez reforçando a noção de que a demanda por investimentos em criptomoedas está crescendo entre as empresas institucionais. E isso está forçando os bancos a tomarem nota.

Fonte: Decrypt

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.