Bill Miller, investidor lendário, injeta 50% dos fundos pessoais em Bitcoin e Altcoins

O famoso investidor, Bill Miller revelou que investiu 50% de seus fundos pessoais em Bitcoin e vários outros criptoativos, alavancando seus investimentos em cripto

Contra Capa 45
Investidor Lendário investe 50% de seus fundos em criptoativos

Miller, fundador e diretor de investimentos da Miller Value Partners, inicialmente investiu na maior criptomoeda em 2014, e então começou a comprá-la novamente na primavera passada em meio a um aumento no interesse de empresas de capital de risco.

Em uma entrevista recente com Consuelo Mack da WealthRack, Miller disse:

Acho que o investidor de médio porte, deveria se perguntar o que você tem em seu portfólio que tem esse tipo de histórico, número um; é muito, muito pouco penetrado; pode fornecer um serviço de seguro contra catástrofes financeiras que ninguém mais pode fornecer; e pode subir dez ou cinquenta vezes.

Miller, que detém o recorde de bater o índice S&P 500 por 15 anos consecutivos nos anos de 1991 a 2005 com Legg Mason Capital Management Value Trust Fund, admitiu que seus investimentos em criptoativos vão contra muitos dos princípios da disciplina financeira, mas acrescentou que algumas das pessoas mais ricas dos EUA, como Jeff Bezos da Amazon, Mark Zuckerberg da Meta e Warren Buffet da Berkshire Hathaway, também estão altamente concentradas em seus investimentos.

Explicando sua decisão de investir tanto em criptomoedas, Miller se referiu a uma conferência na qual ouviu um discurso de Wences Casares, CEO da carteira de criptomoedas Xapo. Casares disse que os investidores em economias instáveis ​​consideram o Bitcoin um meio de salvar sua riqueza contra a hiperinflação, nacionalização de Bancos e governos confiscando seus ativos, de acordo com Miller.

Comprei um pouco em 2014 e comprei um pouco mais com o tempo, e ficou em US $ 500. Aí parei de comprar. E não o comprei durante anos, até a primavera de 2021. O preço atingiu US $ 66.000 e em quatro semanas, estava pela metade, disse ele.

Por Miller, ele começou a comprar o Bitcoin novamente por US $ 30.000, seu raciocínio era que “há muito mais pessoas usando, há muito mais dinheiro vindo do mundo do capital de risco.”

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno.Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_