Binance entra para grande aliança multisetorial contra crimes cibernéticos

Ao fazer parceria com a Binance, o NCFTA visa abordar investigações internacionais de segurança cibernética compartilhando inteligência de ameaças.

Contra Capa 64

A Binance, anunciou nesta terça-feira (18) que se juntou à National Cyber-Forensics and Training Alliance (NCFTA), uma corporação sem fins lucrativos focada em identificar, avaliar, mitigar e neutralizar ameaças de crimes cibernéticos. A Binance é a primeira organização do setor de Blockchain e criptomoedas a se juntar formalmente à aliança.

O NCFTA foi estabelecido em 2002, nos Estados Unidos, para permitir o compartilhamento responsável de informações e conhecimentos sobre o assunto com parceiros do setor privado, legisladores e academia. Seu objetivo é desenvolver e compartilhar inteligência de ameaças como parte do esforço internacional para combater e derrotar o cibercrime. As iniciativas da NCFTA ajudaram a evitar mais de US $2 bilhões em perdas potenciais e lançaram milhares de investigações criminais e civis, que levaram a mais de mil prisões.

Conforme Matt LaVigna, presidente e CEO da NCFTA disse:

O cibercrime é uma ameaça global que continua a crescer exponencialmente, com potencial para impactar a própria estrutura de nossa sociedade.

Acrescentou Matt:

A Binance é a líder do setor com um histórico comprovado de auxílio em investigações internacionais de segurança cibernética. Com sua liderança, abordagem colaborativa e compromisso com a guerra contra o crime cibernético, aumentará nossa capacidade de cumprir a missão atual do NCFTA e ajudará a possibilitar um ambiente seguro não apenas para o setor de blockchain e criptomoeda, mas para todos

A Binance construiu uma das equipes mais avançadas do mundo para combater fraudes em Blockchain e criptomoeda, com o departamento especializado, Binance Investigations Group, está auxiliando ativamente as agências de aplicação da lei em todo o mundo. Até o momento, a Binance cooperou com centenas de investigações criminais, que levaram a prisões de alto perfil, incluindo um grupo de criminosos cibernéticos lavando US$500 milhões em lucros de ataques ransomware, tipo de software malicioso utilizado por cibercriminoso para extorquir dinheiro de suas vítimas.

De acordo com Tigran Gambaryan, vice-presidente de inteligência e investigações globais da Binance:

Para permanecer em constante evolução, a indústria de Blockchain e criptomoedas depende de uma forte cooperação entre a indústria, legisladores e as agências governamentais.

Gambaryan continuou:

Juntar-se ao NCFTA é um passo importante em nossa luta conjunta contra o cibercrime, garantindo o ecossistema de criptomoedas para toda a comunidade. A Binance pretende ser a principal colaboradora na luta contra crimes cibernéticos, ransomware e financiamento do terrorismo. Continuaremos nossa luta contra o cibercrime e aumentaremos nosso nível de cooperação e transparência por meio da nossa parceria com o CFTA.

Business Partner

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno.Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_