Binance desativa negociação do token BTT contra o Bitcoin

IEO recorde em janeiro não foi suficiente para evitar a retirada do BitTorrent da plataforma

Parece que o BitTorrent (BTT), da Tron, não correspondeu ao hype. Apenas alguns meses após o lançamento do BTT, a Binance cancelou a negociação do token contra Bitcoin. Nesta segunda (30), a maior bolsa em volume de criptomoedas do mundo anunciou que removerá de sua plataforma o BitTorrent e outros 29 pares, como uma maneira de “melhorar a liquidez e a experiência de negociação do usuário”.

O BTT, lançado pela Tron Foundation, de Justin Sun, foi o primeiro IEO da Binance. A venda descarregou 23,76 bilhões de tokens em menos de 15 minutos, levantando US$ 7 milhões, de acordo com a exchange. No entanto, após a venda de tokens, o BitTorrent rapidamente se mostrou mais um exemplo de um projeto crypto que prometeu demais e entregou bem menos do que se esperava.

O preço dos tokens BitTorrent atingiu o pico de 0,00017960 BNB (moeda nativa da Binance) alguns dias após seu lançamento. Atualmente, o BitTorrent é avaliado em 0,00002618 BNB, de acordo com dados do TradingView. Mesmo em julho, os traders que compraram o token já estavam reclamando que o valor havia despencado tanto que o BTT se tornou inutilizável – a queda foi de mais de 50%.

As decisões de remover pares de negociação nas exchanges geralmente vêm da necessidade de proteger os preços do tipo de manipulação que pode acontecer em mercados de baixa liquidez. Quando um token tem pouco movimento, fica mais vulnerável ao esquema pump and dump.

E o argumento de baixo volume como justificativa para remover a negociação BTT-BTC parece fazer sentido. No Twitter, o pseudônimo “CryptosBatman” apresentou a teoria de que o movimento tem tudo a ver com impulsionar o volume da moeda da Binance, o BNB. O CEO da Binance, Changpeng Zhao, respondeu:

Outros pares removidos

Além do BTT, a Binance também retirou os pares de negociação de três tokens lançados simultaneamente em sua plataforma IEO: Elrond (ERD), Harmony (ONE) e WINk (WIN). A Binance ainda interrompeu os pares de negociação do NXPS – token nativo da PundiX -, do Dogecoin (DOGE) e de todos os pares do Ankr contra stablecoins.

De acordo com o comunicado da Binance, foram os gestores por trás de alguns desses projetos que solicitaram que essas medidas fossem tomadas. Mais tarde, essa ideia foi corroborada por Zac Cheah, CEO e cofundador da PundiX, que confirmou no Twitter que a Binance efetivamente procurava proteger o token de sua empresa contra especulações tóxicas.

* Imagem de Walter Knerr por Pixabay
Fonte: Decrypt

Foto de Simone Gondim
Foto de Simone Gondim O autor:

Jornalista, revisora e roteirista, apaixonada por tecnologia e especializada em conteúdo.

https://www.instagram.com