Binance também vai suspender transações da Litecoin devido a atualização

Binance Litecoin

Depois das Exchanges coreanos cancelarem a Litecoin a Binance suspende as operações da cripto após a atualização MimbleWimble

A exchange de criptomoedas Binance, publicou uma postagem no blog nesta manhã dizendo que não suportará o recurso MimbleWimble Extensions Block (MWEB) para depósitos e saques de Litecoin (LTC). Eles citaram as preocupações com a segurança como a principal razão para esta decisão.

A Binance retirou muitas outras moedas no passado por motivos de segurança. Por exemplo, em 8 de março de 2022, a Binance retirou o Bitcoin Diamond (BCD), Cindicator (CND), Monetha (MTH), Nitro, Network (NCASH) e YOYOW (YOYO).

O MWEB é apenas um recurso opcional que os usuários podem utilizar durante a transação na cadeia principal tradicionalmente. As carteiras criptos podem incluí-lo como um recurso opcional, mas não são necessárias para habilitar transações Litecoin.

A Binance anunciou que não seria responsável se os investidores depositassem LTC por meio do recurso MWEB. Como resultado, a Binance não será responsabilizada por quaisquer perdas que os investidores possam incorrer.

Quaisquer depósitos LTC feitos na Binance por meio da função MWEB não serão recebidos ou devolvidos, pois não conseguimos verificar o endereço do remetente, resultando na perda direta de fundos.

Apesar dos hacks recentes de várias exchanges de criptomoedas de alto perfil, os cybercriminosos ainda precisam encontrar uma maneira bem-sucedida de roubar e sacar fundos. No entanto, a Binance está preocupada que os hackers usem o recurso da Litecoin Foundation para roubar dinheiro.

Atualização do MWEB no Litecoin

As extensões MimbleWimble foram propostas pela primeira vez em 2016 por um desenvolvedor chamado Tom Elvis Jedusor. Seu objetivo principal era oferecer privacidade nas transações. Em 19 de maio de 2022, a rede Litecoin recebeu o MimbleWimble, uma atualização de privacidade e escalabilidade.

O desenvolvimento do protocolo MimbleWimble para Litecoin foi confiado a David Burkett e um desenvolvedor do Grin++.

Os detentores de Litecoin podem utilizar esse recurso para transmitir dinheiro de suas carteiras para qualquer endereço sem revelar suas informações pessoais, tornando as transações mais anônimas.

Além disso, permite que os usuários controlem quantos tokens LTC eles enviam ou recebem, bem como quantos tokens LTC estão em seu endereço MWEB.

As cinco maiores exchanges de criptomoedas sul-coreanas foram excluídas do LTC

A declaração da Binance de que não suportará mais transações MWEB ocorre apenas alguns dias depois que as cinco exchanges de criptomoedas sul-coreanas mais importantes anunciaram a exclusão do Litecoin em 8 de junho, após a atualização MimbleWimble (MWEB), que oculta transações.

8BTCnews em 8 de junho, declarou no Twitter:

Cinco principais exchanges de criptomoedas sul-coreanas – Upbit, Bithumb, Coinone, Korbit e Gopax anunciaram a remoção do #Litecoin (LTC).

Upbit declarou em seu relatório oficial:

Decidimos encerrar o suporte de transações para Litecoin (LTC), pois foi determinado que a função opcional que não expõe informações de transações incluídas nesta atualização de rede corresponde a uma tecnologia de transmissão anônima sob a Lei de Informações Financeiras Específicas.

A Coreia do Sul é notória há muito tempo por suas rígidas regras de privacidade, que proíbem transações anônimas de troca de criptomoedas.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_