Bitcoin a US$30.000 até setembro? Entenda as novas previsões dos especialistas

Com a nova alta do Bitcoin, especialistas fazem suas apostas

Ao longo da última semana o Bitcoin registrou grandes avanços, sendo negociado acima de US$13.000 pela primeira vez desde o início de 2018.

Para os próximos meses, especialistas apontam que a moeda pode superar a alta histórica.

De acordo com uma análise publicada por Aylan Dasgupta, ao longo dos últimos meses o Bitcoin apresentou uma padronização no movimento de valorização, marcada por grandes ganhos (1.62x) e épocas mais longas (1.2x), com rallys cada vez maiores que os anteriores.

WeBitcoin: Bitcoin a US$30.000 até setembro? Entenda as novas previsões dos especialistas

Atualizei minha análise fractal de $ btcusd. Se conseguirmos segurar $11.6k- $12k, então o fractal mostrado no gráfico pode ser reproduzido. A quebra em cada ciclo é aproximadamente 1.62x (Proporção Áurea) maior que a anterior: 22.22%, 31.55%, 49.53%. O próximo breakout deverá ser de ~ 80%.

De acordo com o EWN, a análise de Ayan sugere que a moeda atingirá o valor de US$29.890 até o final de agosto.

Outro especialista que fez suas apostas foi Simon Peters, analista da eToro.

Segundo ele, a alta histórica pode ser superada nas próximas duas semanas, caso o valor do Bitcoin mantenha sua trajetória parabólica, acrescentando que este foi o período necessário para que a moeda atingisse US$20.000 na última vez que ultrapassou US$11.800.

Indo ainda mais longe, o analista afirma que a moeda pode chegar a US$50.000, ou até mesmo US$100.000 antes do final do ano.

Falando sobre a consistência do mercado e o crescimento do setor, Peters aponta que a valorização do ativo em detrimento da baixa nas pesquisas relacionadas a “comprar Bitcoin” no Google sugerem que a alta está sendo causada por investimento institucional, levando o setor a um novo nível.

Anteriormente o WeBitcoin noticiou que Trace Mayer, apresentador do podcast Bitcoin Knowledge, credita que até o final do ano o Bitcoin poderá ser negociado acima de US$21.000, atingindo US$30.500 em junho de 2020 em um “cenário de valorização justa”.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli