Bitcoin começou a cair após transação de mais de $ 1 bilhão

E essa nem é a primeira vez que vemos 1 bilhão de dólares em Bitcoin se movendo por aí

Mais de US$ 1,15 bilhão em Bitcoin (88.857 BTC) foram transferidos em apenas uma transação gigantesca às 14:59 UTC. O destino de uma das maiores transferências de Bitcoin da história permanece desconhecido. Notavelmente, quem enviou todas essas moedas só teve que pagar uma taxa de $ 3,54, o que ressalta a eficiência do Bitcoin em comparação com as finanças tradicionais.

Uma transação histórica

O valor em dólares da transação mencionada já ultrapassou o recorde anterior de US $ 1,1 bilhão que foi estabelecido pela exchange Bitfinex em 10 de abril, quando teve que recarregar sua hot wallet. O preço do BTC está atualmente de 80% acima em relação a 10 de agosto, quando ainda estava se recuperando de um acidente sísmico em meados de março. Em 25 de outubro, a principal criptomoeda teve seu primeiro fechamento diário acima do nível de $ 13.000 desde o início de 2018.

Conforme relatado pela U.Today, alguém também movimentou quase um bilhão de dólares em uma transação no bloco 599.361 que foi extraído em outubro passado. Ainda assim, nenhuma dessas transações pode se comparar à transferência de 500.000 BTC que foi registrada em 16 de novembro de 2011. Hoje, valeria espantosos $ 6,4 bilhões. Devido à natureza anônima do Bitcoin, ninguém sabe quem esteve envolvido na realização dessa transferência histórica.

Curiosamente, o Bitcoin sofreu uma queda acentuada logo após a transferência ter ocorrido, mas a ligação entre os dois é muito vaga.

1 bilhão bitcoin

Imagem por tradingview.com

 

Muito provavelmente, a criptomoeda voltou à “normalidade”, retomando sua correlação de longa duração com o mercado de ações, que recentemente caiu para zero. O mercado de ações dos EUA está sob forte pressão hoje devido ao impasse interminável do estímulo, com o Dow caindo 2,88 por cento (817,44 pontos-base) próximo ao fim da tarde de hoje.

Fonte: U.Today

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.