Bitcoin é a segurança contra o Talibã

Em meio a uma crise humanitária, a necessidade de Bitcoin no Afeganistão se torna mais evidente.

A retirada das tropas americanas do Afeganistão não apenas gerou turbulência política, mas também revelou os problemas de um sistema bancário centralizado e o Bitcoin é a segurança contra o Talibã.

Para aqueles que vivem sob uma rocha nas últimas semanas, o governo Biden anunciou a retirada das tropas americanas do Afeganistão.

Como resultado da retirada das tropas dos EUA, o grupo terrorista Taliban apreendeu 26 das 34 capitais provinciais, forçou o presidente afegão ao exílio e o sistema bancário do país entrou em colapso em menos de 7 dias.

Relatórios do Twitter afirmam que a maioria das agências bancárias fechou e as pessoas não conseguem sacar seus fundos.

Além de matar oponentes e confiscar suas propriedades, o grupo terrorista força todas as mulheres que trabalham em bancos a deixarem seus empregos, de acordo com a lei Sharia emitida pelo Taliban.

“É muito estranho não poder trabalhar, mas agora é isso”.

Disse Noor Khatera, uma mulher de 43 anos que trabalhava no departamento de contas do Banco Azizi, à Reuters.

Bitcoin é a segurança contra o Talibã

A crise atinge os mais pobres que não conseguiam transferir seus recursos e riquezas antes da tomada do grupo terrorista, como nota a jornalista Sucheta Dalal:

“Comovente !! Todas as pessoas privilegiadas partiram há muito tempo com seus fundos transferidos. ”

“Quanta riqueza familiar está sendo confiscada no Afeganistão agora? Imagine se as pessoas correndo para sair pudessem deixar o país com a energia monetária de suas vidas armazenada em suas cabeças. Bitcoin é esperança. Bitcoin é economia. Bitcoin não é projeção de força. ”, comentou o bitcoiner GregZaj.

Bitcoin permite que você armazene suas chaves de acesso a fundos em palavras, literalmente em sua cabeça. A rede é descentralizada e permite ainda o recebimento / envio de ativos via satélite e transmissões de rádio.

US $ 7 trilhões em 2 décadas

Não são apenas os cidadãos do Afeganistão que estão pagando a conta de uma guerra mal orientada e retirada.

O governo dos EUA gastou US $ 7 trilhões dos contribuintes para manter uma invasão infrutífera ao país do Oriente Médio. Dinheiro que o próprio governo não tinha, portanto, precisava tomar emprestado.

“Nosso governo roubou trilhões em valor de nós para financiar uma guerra que não fez nada além de trazer morte e destruição para milhões. Bitcoin não pode vir rápido o suficiente ”, disse Jimmy Song, desenvolvedor do Bitcoin Core.

O Estado mostra mais uma vez que não pode cuidar do dinheiro do povo, os sistemas bancários tradicionais mostram-se frágeis em um mundo influenciado por extremistas de todos os lados.

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8