Bitcoin mostra força e chega a US$7.5 mil

Bitcoin segue tendência de valorização

Após o bear market massivo de 2018, os investidores do mercado de criptomoedas estavam apreensivos e ansiosos em relação à recuperação do Bitcoin.

Começando 2019 ao valor aproximado de US$3.750, a moeda vem mostrando sinais de melhora, valorizando mais de 24% em apenas dois dias no início de abril. Recentemente o ativo gerou muita comoção no mercado ao superar a resistência de US$6.000, e agora surpreendeu mais uma vez a atingir o valor de US$7.500 nesta madrugada.

Em algumas exchanges brasileiras, o Bitcoin ultrapassou R$30.000, gerando uma ótima margem para a prática da arbitragem. No momento da escrita, a moeda já registrou uma pequena correção, sendo negociada ao valor de US$7.151 de acordo com o CoinMarketCap.

A valorização surpreende alguns entusiastas, que acreditaram que o recente hack da exchange Binance (que desviou mais de 7 mil BTC) iria gerar um impacto significativo no ativo.

Falando sobre a valorização da moeda em seu perfil no Twitter, o famoso programador John McAfee declarou (na tarde de ontem) que caso a tendência de alta continue, o Bitcoin irá ultrapassar US$4 milhões até o final de 2020.

“O Bitcoin está caminhando para $7.000. Se esta taxa de crescimento continuar (não irá), o Bitcoin valerá mais que $4 milhões até o final de 2020.”

Considerando que o movimento continuou (a curto prazo, pelo menos), a previsão multi-milionária de McAfee ainda está sobre a mesa, o que sugere uma mudança em seu pressentimento anterior de que o ativo valerá US$1 milhão na data citada.

Em todo caso, os grandes players do mercado demonstraram muito entusiasmo em relação ao futuro do Bitcoin.

Recentemente o investidor americano Tim Draper afirmou durante uma entrevista que, dentro de aproximadamente quatro anos, a moeda terá uma participação de 5% no mercado global, o que é uma quantia significativa tendo em vista a variedade de produtos e ativos presentes no comércio mundial.

Anteriormente Draper pontuou que em 2024 apenas criminosos utilizarão moedas fiat, “pois qualquer um tentando utilizar Bitcoin poderá ser pego”.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli