Preços do Bitcoin deve ser observado depois do pior mês de Abril da história

Bitcoin

O Bitcoin sofreu uma queda de 11,3% este mês, seguindo contra marcos históricos anteriores que obtiveram ganhos neste mesmo período

O Bitcoin tem um preço historicamente importante para os hodlers, mas para onde ele pode ir nos próximos dias?

À medida que o fechamento mensal se aproxima e vários países se preparam para os feriados de maio, os traders estão mapeando as opções, com algumas surpresas.

O Bitcoin a US$ 35.000 se torna o foco principal

Embora os comentaristas do mercado de Bitcoin raramente concordem com muita coisa, uma coisa é mais ou menos aceita esta semana, que o fechamento mensal de abril será volátil conforme analise divulgada pela Cointelegraph.

Com vencimento no fim de semana, essa volatilidade tem o potencial de ser exacerbada pela falta de volume de negociação, graças aos mercados estarem desligados no fim de semana ou no fim de semana prolongado.

Mesmo com participação macro, no entanto, a situação parece não favorecer os touros do Bitcoin. Como o Cointelegraph informou, na sexta-feira os principais índices, com a notável exceção da China, terminaram no vermelho.

Nada otimista sobre esta vela, exceto que ainda está acima do suporte mensal (mas isso pode mudar hoje)

Resumiu o popular trader do Twitter Cryptotoad como parte de sua última atualização.

Até agora, abril apresentou perdas de 11% no BTC/USD, o pior mês de abril na história do Bitcoin, mostram dados do recurso de monitoramento on-chain Coinglass.

Retorno Bitcoin/USD
Gráfico de retornos mensais do BTC/USD (captura de tela). Fonte: Coinglass

Até agora, o par BTC/USD conseguiu evitar uma queda abaixo da liquidez em torno de US$ 38,380, mas o Cryptotoad não é o único a argumentar que isso agora pode se tornar um foco no gráfico de curto prazo.

Jordan Lindsey, fundador da empresa de trading JCL Capital, sinalizou US$ 35.000 como um dos que ele vê como apenas dois importantes “grandes níveis técnicos”.

Conforme disse ele aos seguidores do Twitter na sexta-feira:

Os únicos dois níveis que importam agora no Bitcoin. US$ 35k é o suporte do canal e abaixo é o grande colapso técnico. O preço é tecnicamente otimista desde US$ 38k em 4 de fevereiro postado nesta conta e neutro desde o colapso de US$ 53k. Todo o resto tem sido ruído.

Previsão BTC
Gráfico anotado BTC/USD. Fonte: Jordan Lindsey/Twitter

Caso essa queda se materialize, colocaria o Bitcoin não tão longe do pior cenário da semana passada de US$ 30.000, descrito como um “fundo final” e um nível provável de atingir até junho.

“Alívio decente” pode seguir a retenção no nível local

Adotando uma visão mais otimista, enquanto isso, o colega trader Credible Crypto argumentou que evitar a queda abaixo de US$ 37.000 coloca o Bitcoin em uma posição mais forte.

“Se conseguirmos ficar aqui, devemos ver algum alívio decente”, ele twittou no sábado ao lado de um gráfico que ilustra o prognóstico.

De acordo com minha última atualização, posso ver argumentos válidos para ambos, mas dou vantagem ao cenário de alta devido à estrutura da onda. Fácil invalidação em US$ 37,700, se atingirmos isso, espere um flush na região laranja e US$ 36.000.

No momento da redação deste artigo, faltando cerca de 12 horas para o fechamento, o par BTC/USD era negociado a US$ 38.600.

GraficoBTCC scaled
Gráfico anotado BTC/USD. Fonte: Credible Crypto/ Twitter

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_