Com alta de 4%, Bitcoin supera a marca de US$7000

Apesar das expectativas negativas, a moeda rompe o limite das últimas semanas.

Após a queda no início do mês, o preço do Bitcoin passou a ser negociado em torno de US$6000, variando apenas algumas centenas de dólares.

Durante a última semana, a moeda era negociada em aproximadamente US$6400. Em 22 de Agosto o preço subiu para US$6800, mas voltou a US$6400 no mesmo dia.

A queda coincidiu com a notícia de que a BitMEX  estava em manutenção e enfrentava um ataque DDoS, que resultou na perda de dinheiro devido à liquidação de alguns contratos na plataforma.

Leia mais:Caso Atlas Quantum: CEO da empresa presta novos esclarecimentos sobre o caso, saques paralisados

Neste cenário, não era esperado que o valor da moeda sofresse uma alta muito significativa, mas na manhã de hoje o preço ultrapassou US$7000, quebrando a tendência das últimas semanas.

A superação de US$7000 permitirá uma sensação de compra psicológica no investidor.” , diz Iairus Germund, analista de mercado.

A notícia é aliviadora para os investidores, que estavam desanimados após as diversas recusas por parte da Comissão de Valores Mobiliários e Câmbio dos Estados Unidos em realizar um Fundo Negociável de Câmbio baseado em Bitcoin.

Com alta de 4%, Bitcoin supera a marca de US$7000

Vale ressaltar que a moeda controla mais de 50% do mercado de criptomoedas, somando aproximadamente US$ 121 bilhões de um total de US$ 228 bilhões.

Leia mais: Valor anual de transação do Bitcoin supera PayPal e se aproxima da Visa

Fonte: AMBCRYPTO