Bitcoin viveu montanha-russa nos preços essa semana

Esta semana assistimos a uma montanha-russa com o preço do Bitcoin subindo acima de $ 60K pela primeira vez na história, corrigindo, e retornando com a tendência de alta novamente

Esta foi uma semana importante na história do Bitcoin. Pela primeira vez, o preço atingiu uma alta de todos os tempos, acima de $ 60.000. Apesar disso, foram alguns dias intensos em termos de movimento de preço, e muitas altcoins também experimentaram uma grande volatilidade.

Tudo começou no fim de semana passado. No sábado, o preço começou a subir e conseguiu ultrapassar US $ 60 mil pela primeira vez na história. Na verdade, chegou a $ 61.800 e conseguiu se manter acima do nível importante durante todo o fim de semana.

Na segunda-feira, porém, tudo estava triste e sombrio. O preço foi corrigido até cerca de US $ 53.000 em algumas oscilações violentas. Isso deixou sua marca, pois vimos mais de US $ 2,2 bilhões em posições compradas liquidadas, com a eliminação dos ursos em vantagem. Não demorou muito depois disso, no entanto, que o BTC começou a subir novamente e, antes que percebêssemos, o preço estava mais uma vez lutando pelo nível de $ 60.000.

Fato semelhante aconteceu com muitas altcoins. A Cardano, entretanto, saiu em uma farra, traçando um novo recorde histórico após um pico massivo que aparentemente resultou de uma listagem na Coinbase Pro.

Curiosamente, a mais recente alta no preço do Bitcoin, que o levou para mais de US $ 60 mil pela primeira vez, não foi causada por instituições. Isso é de acordo com o JP Morgan, que afirma que os investidores de varejo foram a força motriz por trás do aumento de preços.

Em outro lugar, o CryptoPotato entrevistou o proprietário de uma pequena pizzaria no Alabama, que compartilhou sua história de como ele comprou $ 200 mil em Bitcoin no ano passado e já está tendo lucros de mais de 350%. Isso mostra que o BTC definitivamente não está preparado apenas para instituições e empreendimentos de varejo também podem usá-lo como uma proteção contra a inflação.

Isso não significa que os meninos grandes desistiram. Exatamente o oposto – alguns dias atrás, a gigante chinesa da tecnologia Meitu comprou outros US $ 50 milhões em BTC e ETH, e seus atuais investimentos em Bitcoin totalizam cerca de US $ 90 milhões.

Além disso, com o pacote de alívio de Biden aprovado, os cidadãos norte-americanos receberão outro cheque de estímulo, desta vez no valor de pelo menos US $ 1.400. Dois estudos já determinaram que pelo menos 10% deles planejam usá-los para comprar BTC e outras criptomoedas. Em outras palavras – temos tempos emocionantes pela frente e é interessante ver como as coisas vão se desenrolar.

Fonte: CryptoPotato

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.