Bitfinex lança iniciativa de transparência para promover a queima de tokens LEO

Exchange anuncia mecanismo para a queima de tokens LEO

Em maio o WeBitcoin noticiou que a exchange Bitfinex arrecadou US$1 bilhão com a IEO do UNUS SED LEO (LEO), ativo que passou a ser negociado na plataforma no final do mesmo mês.

Atualizando a comunidade sobre o status do token, a Bitfinex recentemente anunciou o lançamento da Iniciativa de Transparência UNUS SED LEO, construída em torno de um mecanismo de redenção (previsto no white paper do ativo) que irá promover a queima de tokens em tempo real.

De acordo com a plataforma, a iniciativa irá funcionar como um mecanismo de queima contínua “para manter o processo tão justo quanto possível” para os usuários.

“Ao passo que nossas receitas fluem de forma contínua, sentimos que a abordagem mais justa para recompras simbólicas seria aquela construída em torno de resgates contínuos e constantes. Faremos isso para remover a possibilidade de incerteza dos detentores de LEO”

Inicialmente, a implementação do mecanismo irá incluir apenas receitas de taxas de trade. Ao longo das próximas semanas, a iniciativa será expandida para incluir todos os fluxos de receita, incluindo taxas de depósito e saque, de financiamento e outros produtos, “resultando em um abrangente mecanismo de recompra de tokens“.

Aparentemente os ativos serão adquiridos pelas taxas de mercado (atualizadas a cada hora), e a recompra será efetiva até o resgate de 100% dos tokens, retirando todos de circulação.

“Tokens UNUS SED LEO usados ​​para pagar taxas de negociação na Bitfinex também serão queimados, enquanto fundos recuperados da Crypto Capital, e um montante igual a pelo menos 80% dos fundos líquidos recuperados do hack da Bitfinex, serão usados ​​para comprar (e subsequentemente queimar) tokens circulantes.”

A recompra começou na última sexta-feira (14), e de acordo com a plataforma, a cada 3 horas é realizada uma queima.

Para permitir que os investidores acompanhem o processo, a plataforma viabilizou o Painel de Transparência do LEO, onde os interessados tem acesso a dados do processo de recompra e estatísticas de tokens e de desempenho de câmbio em tempo real.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli