Bitmex Research aponta data provável do lançamento da Ethereum 2.0

Novas pesquisas sugeriram que as fases iniciais da atualização altamente antecipada da Ethereum poderiam ser lançadas em julho deste ano, assumindo que não há mais atrasos

A BitMEX Research mergulhou profundamente na atualização da Ethereum 2.0, que dará início à uma migração há muito esperada da Proof of Work para o consenso Proof of Stake (PoS).

A Research da BitMEX acrescentou que o lançamento pode não ser tão importante, pois a maior parte da atividade econômica permanecerá na blockchain original, que será executada paralelamente à nova.

Ethereum 2.0 – Fase 0 (zero) em julho

Espera-se que toda a atualização leve vários anos, mas haverá um período de transição que pode começar em apenas alguns meses, segundo o estudo feito. A principal motivação para a transição é a escalabilidade, já que a Ethereum cresceu em popularidade e uso desde a sua criação, há cinco anos.

O sharding foi a solução proposta para resolver os problemas de dimensionamento, mas isso por si só cria dilemas adicionais. Os contratos inteligentes existentes não poderão se mover diretamente para novas cadeias de fragmentos; portanto, eles precisam ser delicadamente reconstruídos para o novo ecossistema.

“Para os estágios iniciais da Ethereum 2.0, ela existirá como um sistema paralelo ao lado da Ethereum 1.0 e, em algum momento no futuro, o plano é mesclar os dois sistemas novamente em um.”

A primeira etapa desse longo processo é apelidada de “Fase 0: cadeia de balizas”, que lida com o novo mecanismo de Proof of Stake que a BitMEX sugere que poderia estar pronto em julho.

É improvável que os estágios seguintes sejam implementados até o próximo ano. Eles incluem o sharding mencionado na Fase 1, que inicialmente funcionará em 64 cadeias de shard. A fase 2 chegará mais tarde e envolverá a integração de contratos inteligentes na nova rede.

Fazendo staking na Testnet

O Beacon Chain já está sendo executado em uma testnet chamada Topaz, que foi ao ar no mês passado. Os desenvolvedores do Prysmatic Labs lançaram a Topaz Test Network em meados de abril e o bloco de gênese foi validado logo depois.

Na sequência de uma rede de testes menor anterior, a Topaz operou validadores com 32 ETH, o que será o requisito mínimo para a nova blockchain PoS.

No fim de semana, o fundador da Ethereum, Vitalik Buterin, comentou que as primeiras recompensas de staking estão começando a ser pagas:

Acabamos de ver o primeiro validador sortudo chegar a> 1% de retornos com staking na testnet Topaz. Mais atravessarão a barreira em breve!

Fonte: BeinCrypto

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.