Blockchain do Telegram é lançado para testes privados

TON é disponibilizado para fase de teste

De acordo com o site russo Vedomosti, o Telegram lançou um teste beta privado do seu próprio blockchain, o Telegram Open Network (TON).

Aparentemente o Telegram abriu acesso para um número limitado de desenvolvedores globais, incluindo equipes russas de desenvolvimento.

De acordo com duas fontes anônimas, as equipes foram habilitadas para configurar os nodes do TON.

Enquanto os testes não forneceram detalhes específicos, as fontes revelaram que o blockchain demonstrou uma “velocidade de transação extremamente alta”. Entretanto, não puderam ser entregues indicadores específicos, visto que o código do blockchain, incluindo contratos inteligentes, estava em processo de teste.

O Telegram foi fundado em 2013 pelos irmãos Nikolai e Pavel Durov, e em março do ano passado o serviço registrou 200 milhões de usuários ativos. Recentemente, três milhões de novos usuários se inscreveram em um período de 24h, quando o Facebook, Whatsapp e Instagram estavam enfrentando interrupções.

O serviço arrecadou cerca de US$1,7 bilhão em duas rodadas de ICO para a plataforma TON em 2018. Apesar do site russo anunciar anteriormente que a versão para teste seria lançada em outubro do ano passado, não havia dados oficiais confirmando o caso, e ainda não há previsão para o lançamento oficial da plataforma. Os irmãos Durov chegaram a recusar a informação quando questionados em março.

Aparentemente, os contratos de compra dos tokens do Telegram serão encerrados caso o TON não seja lançado até o dia 31 de outubro de 2019.

FONTE: COINTELEGRAPH

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli