Blockstream e Block construirão uma estação de mineração 100% verde

Blockstream e Block

Blockstream e Block construirão uma instalação de mineração de Bitcoin alimentada 100% por energia renovável

De acordo com o comunicado a operação de mineração de Bitcoin usará painéis Tesla Solar que fornecerão 3,8 Megawatt (MW) e as baterias Tesla Megapack que fornecerão 12 Megawatt/hora (MWh) de energia.

As operações de mineração de Bitcoin serão construídas completamente fora da rede principal de energia em uma localização nos Estados Unidos, no oeste do Texas. Além de seus 3,8 Megawatts de energia, a operação de mineração deverá produzir cerca de 30 Petahash (PH) de taxa de hash que protegerá a rede Bitcoin.

O projeto foi criado para demonstrar a capacidade do Bitcoin de financiar infraestrutura de energia com emissão zero. Nesse sentido, é uma prova de conceito para mineração de Bitcoin 100% de energia renovável em escala, como afirma o comunicado de imprensa.

Além disso, os parceiros acreditam que a rede de Bitcoin se beneficiará com a diversificação em termos de fontes de energia. Adam Back, CEO e cofundador da Blockstream, disse o seguinte sobre sua iniciativa:

Estamos empolgados em iniciar a construção desta instalação usando Tesla Solar e Megapack. Este é um passo para provar nossa tese de que a mineração de Bitcoin pode financiar infraestrutura de energia de emissão zero e construir crescimento econômico para o futuro.

As operações de mineração de Bitcoin devem ser concluídas até o final de 2022. A Blockstream, empresa fundada em 2014 como fornecedora de tecnologia Blockchain, apoiará o projeto entregando a infraestrutura de mineração de Bitcoin e expertise na construção e supervisão da operação.

Para atingir seu objetivo e ser transparente sobre o consumo de energia e a sustentabilidade da operação, esta instalação de mineração de Bitcoin publicará relatórios regulares sobre sua economia, afirmou o comunicado. O público estará disponível para acessar um painel para verificar as métricas e o desempenho do projeto em tempo real.

Blockstream e Block divulgarão a potência da instalação, a quantidade de Bitcoin extraída e muito mais. Os parceiros esperam que sua transparência seja útil para projetos futuros.

O que o Bitcoin pode fazer para modelos de energia limpa

Como mencionado, Adam Back é CEO da Blockstream e inventor do Hashcash, um componente importante no algoritmo de consenso do Bitcoin. Esta empresa vem trabalhando com a Block, formalmente conhecida como Square e liderada pelo touro BTC Jack Dorsey, neste projeto há algum tempo.

A integração do hardware Tesla representa um passo importante nesta fase de construção. Neil Jorgensen, líder global de ESG da Block e líder de projeto da Iniciativa de Energia Limpa Bitcoin da Block, acrescentou:

Ao colaborar neste projeto de mineração Bitcoin full-stack e 100% movido a energia solar com a Blockstream, usando tecnologia solar e de armazenamento da Tesla, pretendemos acelerar ainda mais a sinergia do Bitcoin com as energias renováveis.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno.Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_