Bradesco inicia parceria com Banco MUFG para criar novo serviço de pagamento utilizando o Blockchain da Ripple

O serviço apresentará um sistema de última geração transparente e rastreável

Ontem, 9 de novembro, o perfil da @Ripple no Twitter anunciou uma parceria entre o Banco Bradesco e o Banco MUFG e sua subsidiária brasileira para o desenvolvimento de um sistema de pagamento entre o Brasil e o Japão baseado na tecnologia blockchain da Ripple.

WeBitcoin: Bradesco inicia parceria com Banco MUFG para criar novo serviço de pagamento utilizando o Blockchain da Ripple

@Bradesco e @btmu_official estão aproveitando a tecnologia blockchain da Ripple para criar um novo sistema de pagamento transfronteiriço entre o Japão e o Brasil”

O banco japonês também liberou um documento online contendo os pormenores da nova aliança.

A parceria entre uma das principais instituições financeiras do mundo e o banco líder da América Latina somada à tecnologia da Ripple irá resultar no desenvolvimento de um sistema de ponta transparente, rastreável e de alta velocidade.

De acordo com o documento, o memorando assinado pelas companhias é uma extensão de um acordo estabelecido em 2017.

Até o momento da escrita, não há menção sobre a data do lançamento do serviço.

Bancos brasileiros e as criptomoedas

Mesmo não abordando diretamente as criptomoedas, a parceria pode significar o início da simpatização pelo mercado.

Atulamente o Brasil não possui regulamentação que aborde o setor, o que gera discussões e até mesmo disputas judiciais.

Recentemente o WeBitcoin noticiou que os bancos brasileiros iniciaram testes com a tecnologia do Bitcoin. O caso ocorre semanas após bancos como o próprio Bradesco serem investigados pelo encerramento de contas relacionadas a criptomoedas.