Brave: Navegador descentralizado se torna padrão em novo smartphone Blockchain da HTC

O produto terá suporte para vários blockchain

De acordo com a CNET, o Brave, navegador open-source blockchain, foi escolhido como navegador padrão de um smartphone da HTC.

Criada em 1997, a HTC é uma fabricante de produtos eletrônicos de consumo em Taiwan, ocupando o lugar de principal fornecedora dos EUA em 2010. Ao passar do tempo, a empresa perdeu espaço para a Apple, LG e Samsung, participando em apenas 6% do mercado americano em 2014.

O novo navegador descentralizado bloqueia anúncios e rastreadores de sites, e será instalado no HTC Exodus 1, “o primeiro telefone blockchain nativo”. O smartphone terá suporte para vários blockchain, incluindo o Bitcoin e as redes Ethereum.

O cofundador da Brave, e anteriormente do Mozilla, Brendan Eich, anunciou a parceria com a HTC no último sábado, 8 de dezembro, declarando estar satisfeito com a aliança.

O Brave utiliza o BAT (Basic Attention Tokens) para enviar pagamentos de anunciantes para a Brave e seus usuários. Em junho do ano passado, Eich levantou US$35 milhões em somente 30 segundos durante a ICO do BAT.

Em novembro, o WeBitcoin noticiou que o SIRIN Labs lançou o FINNEY,  seu primeiro smartphone blockchain, durante um evento em Barcelona.

FONTE: COINTELEGRAPH

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli