Bybit torna-se o principal patrocinador global da seleção argentina de futebol

Após a parceria entre a AFA e a Bybit, a seleção argentina vai usar o logotipo da exchange em seu uniforme de treinamento.

A Federação Argentina de Futebol (AFA) revelou que Bybit será seu patrocinador principal global para todas as seleções, nos próximos dois anos.

Assim, a plataforma de negociação de criptomoedas colocou seu nome ao lado de corporações conhecidas como Adidas, Nissan e Coca-Cola, que também são patrocinadoras oficiais da seleção argentina de futebol.

Logotipo de Bybit nas roupas de treinamento do Messi.

A nova parceria vai permitir que a Bybit tenha a máxima visibilidade em todos os ativos da AFA, de acordo com o anúncio oficial . Além disso, Lionel (Leo) Messi, (o capitão do time), e seus companheiros da Albiceleste, (apelido argentino entre os torcedores de futebol), terão o logotipo da empresa exposto em seus uniformes de treinamento pelos próximos 24 meses.

Claudio Tapia – Presidente da AFA – disse que o principal objetivo da Associação é atrair patrocinadores com uma “presença global”.

“Estamos muito felizes com o anúncio deste importante acordo comercial… Acrescentamos uma marca ao vestuário das Selecções Nacionais, e isso é algo significativo, tanto para a empresa como para a AFA. É importante adicionar marcas com presença global. ” – Disse o presidente.

Ben Zhou – CEO da Bybit – também comentou sobre a colaboração ao descrever a Argentina como um dos times nacionais de futebol mais bem-sucedidos. Ele acrescentou que as seleções da La Albiceleste têm “paixão implacável e criatividade sem limites” – qualidades que sua empresa gostaria de defender e celebrar:

“Trabalhar com a AFA é uma das decisões mais fáceis que já tomamos. Bybit incentivará a Argentina nos próximos anos.”

Por falar em parceria entre um clube de futebol e uma empresa de ativos digitais, vale destacar a que existe entre o gigante italiano AC Milan e a popular exchange de derivados de bitcoin – BitMEX. Em seguida, a equipe colocou o logotipo desta última na manga do kit masculino e feminino.

Jogadores argentinos e seus esforços de cripto.

Uma das maiores estrelas do futebol – Lionel Messi – entrou na onda da criptomoeda em agosto. O ex-atacante do FC Barcelona se juntou à seleção multimilionária do Paris Saint-Germain, onde seu “pacote de boas-vindas” incluiu não apenas moeda fiduciária, mas também uma parte do token de torcedor da equipe francesa de criptomoeda – PSG.

De forma um tanto esperada, o ativo digital disparou em popularidade, logo após o anúncio.

Gabriel Batistuta é o próximo jogador de futebol argentino lendário a ter algo em comum com o universo dos ativos digitais. “Batigol” – como muitos o chamam – lançou recentemente uma coleção NFT no Binance Marketplace.

Os colecionáveis ​​digitais vieram como parte de um conjunto Mystery Box, disponibilizado por meio de uma parceria com a TopGoal e consiste em cartas de jogo, de tokens não fungíveis, licenciadas, que retratam momentos históricos da carreira de Batistuta.

Os NFTs foram separados em três categorias de qualidade – raro, épico e lendário. O próprio Batistuta leiloou uma das fichas lendárias.

Fonte: CryptoPotato

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8