Canadá poderá implantar regime regulatório para exchanges

Autoridade canadense propõe regulamentar exchanges

De acordo com uma proposta de plano de negócios para 2019-2022 publicada pela Canadian Securities Administrators (CSA), organização de reguladores de títulos regionais e provinciais do Canadá, o país pretende criar um regime regulatório abrangendo exchanges de criptomoedas.

A proposta, que cita medidas como a implantação de KYC (know your costumer) e KYP (know your product), visa desenvolver materiais e campanhas para educar a população sobre o setor.

O plano aponta que a CSA irá considerar a realização de mudanças para adaptar a estrutura regulatória tradicional para “atender aos desafios únicos trazidos pelos criptoativos que caem sob a jurisdição da CSA”.

Desta forma, a organização propõe a criação de regulamentações “sob medida” para plataformas de trading de criptomoedas que trabalham com títulos e derivativos. A proposta cita ainda a possível necessidade do requerimento de custódia para fundos de investimento que facilitam soluções de custódia.

Em paralelo, na última semana as autoridades canadenses determinaram que as exchanges devem relatar toda e qualquer transação acima de CAD 10.000, cerca de US$7.700, a partir de junho de 2020.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli