Candidata ao Senado dos EUA: Bitcoin pode trazer poder de volta para as pessoas

O interesse na descentralização do poder e na liberdade, está levando a candidata ao Senado dos Estados Unidos, Morgan Harper, a aprender mais sobre o Bitcoin.

Morgan Harper iniciou sua trajetória de aprendizado de Bitcoin. A candidata de 38 anos ao Senado por Ohio está pesquisando oportunidades que a rede monetária descentralizada pode trazer para seus eleitores, a saber, um impulso para a descentralização do poder, que ela acredita estar atrasada.

Conforme Harper disse:

Um dos maiores problemas em nossa sociedade, é muito poder centralizado em poucas mãos, o que produz efeitos anticompetitivos, que fortalecem os titulares e impedem a inovação. Ele transfere o poder para algumas cidades grandes e selecionadas e alguns participantes dominantes dentro de cada mercado e longe de pessoas em estados como Ohio.

A democrata progressista, entrou na disputa pelo Senado dos Estados Unidos em agosto, buscando a cadeira ocupada por Rob Portman, um senador republicano que anunciou em janeiro que, não iria se candidatar à reeleição para um terceiro mandato em 2022. Harper é contra Tim Ryan, um democrata de longa data congressista que cumpriu 10 mandatos e lidera em reconhecimento de nome e financiamento de campanha.

Harper nasceu de uma mãe adolescente e viveu em um lar adotivo por quase um ano antes de ser adotado e criado por uma professora de escola pública. Ela se formou na Stanford Law School e atuou como consultora sênior de políticas no Consumer Financial Protection Bureau (CFPB). Em um tópico de 9 de novembro no Twitter, Harper explicou que, ouviu falar do Bitcoin pela primeira vez durante seu tempo no CFPB. Desde então, sua curiosidade aumentou, e a candidata começou a perceber o potencial do Bitcoin como uma ferramenta de fortalecimento financeiro individual.

Estou intrigada com o conceito de redes descentralizadas, onde podemos ter os benefícios dos efeitos de rede sem concentrar o poder nas mãos de algumas pessoas ou corporações. Me concentro principalmente em Bitcoin e seu potencial para eliminar Bancos intermediários e servir como reserva de valor.

Harper disse que, para seu estado, o Bitcoin poderia ajudar a criar poder econômico e liberdade para os indivíduos, de modo que o povo de Ohio dependesse menos de corporações descomunais que sufocam o crescimento e a inovação em um sistema manipulado a seu favor.

O Bitcoin tem sido muito atraente para comunidades carentes em países como El Salvador e Nigéria, onde sistemas financeiros desajeitados e desiguais impedem muitas pessoas de obter até mesmo o acesso mais básico a dinheiro e serviços bancários. A rede monetária ponto a ponto (P2P) visa restaurar a soberania financeira, permitindo que qualquer pessoa armazene e transacione valor, independentemente do sexo, cor da pele ou status de poder.

“Em contraste, os bancos tradicionais colocam você à mercê de políticas arbitrárias e muitas vezes discriminatórias”, disse Harper. “Os Bancos são criados para favorecer os ricos, com acesso preferencial e condições preferenciais. Mas muitas pessoas da classe trabalhadora e de Ohio não recebem esses benefícios. Em vez disso, eles recebem taxas de cheque especial ocultas e quase nenhum retorno sobre seu capital. ”

O interesse de Harper a levou a embarcar em uma viagem de escuta, procurando aprender mais sobre o que os funcionários do governo poderiam fazer para ajudar a promover a inovação por meio de políticas públicas, protegendo ao mesmo tempo os investidores. Embora ela esteja interessada no Bitcoin e seu potencial, Harper disse que não possui Bitcoin porque procura trabalhar sem um viés de investimento.

“Os políticos que compram e vendem ativos financeiros ao mesmo tempo que exercem imensa influência em todos os setores minam nossa democracia e alimentam a desconfiança das pessoas no processo político”, disse ela. “Eu quero obter a lei certa para esta classe de ativos para o povo de Ohio, não porque eu tenha a ganhar financeiramente.”

Harper enfrentará Ryan nas primárias democratas em 3 de maio de 2022. Os eleitores elegerão apenas um membro de Ohio para o Senado dos Estados Unidos na eleição geral, marcada para novembro do próximo ano.

Fonte: Bitcoin Magazine

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_